Home»Destaque na Home»“Vou continuar dizendo que são migalhas”, alfineta Natalino

“Vou continuar dizendo que são migalhas”, alfineta Natalino

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Durante a sessão da Câmara Municipal, desta segunda-feira (5), o vereador Natalino Tony Silva (Rede Sustentabilidade) não deixou passar em branco as emendas parlamentares destinadas a Mogi Guaçu, nos últimos dias, e voltou a frisar que considera os valores como “migalhas”. “Vou continuar dizendo que são migalhas, porque se tivéssemos um deputado eleito por Mogi Guaçu, que fosse da nossa cidade, ele poderia trazer muito mais vernas para cá”, alfinetou, ao discursar na tribuna.

Desde que assumiu o mandato em janeiro do ano passado, Natalino reforça em seus discursos que os deputados estaduais e federais se esforçam pouco para ajudar Mogi Guaçu financeiramente destinando verbas de poucos mil reais por meio de emendas parlamentares. Uma das razões do discurso de Natalino é o fato de ele ser pré-candidato a deputado estadual pela Rede Sustentabilidade, nas eleições deste ano. “Sempre nos contentamos com migalhas. Mogi Guaçu precisa e merece muito mais do que isso”, diz Natalino, exaustivamente.

Na semana passada, a presidente do PSDB de Mogi Guaçu, Maria Otília Pappa, fez questão de ressaltar que apenas o PSDB havia conquistado para Mogi Guaçu neste mês mais de R$ 700 mil em emendas parlamentares assinadas pelos deputados estadual Barros Munhoz e federal, Silvio Torres. Inclusive, ela ironizou o discurso de Natalino. “Estas são as ‘migalhas’ que o PSDB está trazendo para Mogi Guaçu só neste mês”, cutucou.

Barros e Otília
Barros e Otília

Na tribuna da Câmara, Natalino não recuou. Embora tenha reconhecido a importância dos R$ 700 mil para Mogi Guaçu e também o trabalho desempenhado pelos dois deputados, Natalino disse que vai continuar dizendo que são migalhas. “Acho que esta minha fala traz resultados porque tivemos esses R$ 700 mil do PSDB que já melhorou um pouco. Os valores já estão subindo. Também tivemos R$ 1 milhão que vai ser trazido pelo deputado Campos Machado. Vou continuar dizendo sobre as migalhas, porque vai aparecer valores mais altos”, observou.

O valor de R$ 1 milhão não se trata de emenda parlamentar, mas foi conquistado para a cidade devido à intervenção do deputado estadual Campos Machado (PTB) em apoio ao trabalho realizado pelo Governo Municipal. O dinheiro será usado exclusivamente para a reforma e ampliação do Centro Cultural e foi anunciado pelo vereador Jéferson Luís (PROS), durante a sessão da Câmara Municipal, desta segunda-feira (5).

Aliás, Jéferson ateve-se somente ao anúncio do valor da verba e para qual fim ela seria destinada e coube ao vereador Thomaz de Oliveira Caveanha (PTB) subir à tribuna da Câmara para atribuir a conquista da verba ao apoio dado pelo deputado estadual Campos Machado, que é candidato à reeleição, no pleito de outubro.

Post anterior

O Passageiro e Os Farofeiros estão entre as estreias

Próximo post

Curtas: apreensão de drogas, direção perigosa e reintegração