Home»Destaque na Home»Vítimas continuam internadas após grave acidente

Vítimas continuam internadas após grave acidente

Guaçuano de 30 anos morreu na Santa Casa; moradora do Jardim Novo I segue na UTI

0
Shares
Pinterest WhatsApp

No último domingo (8) dois carros de passeio se envolveram em um grave acidente de trânsito no Km 178 da SP-342, nas proximidades dos bairros rural Santa Rita e Ouro Preto, em Mogi Guaçu. Um Fiat/Pálio branco de Mogi Guaçu que seguida sentido Espírito Santo do Pinhal foi atingido de frente por um Ford/Fiesta vermelho de Andradas que seguia no sentido contrário da pista, mas perdeu o controle após ter sido atingido por outro veículo durante uma ultrapassagem. O carro atravessou o canteiro central e invadiu a contramão da rodovia, momento em que aconteceu a batida frontal.

No Ford/Fiesta vermelho estava uma família de Andradas, sendo que Geisiele Cacilda Morais, 28, morreu no local do acidente. Ela carregava no colo seu filho de 1 ano e 9 meses que estava internado na Santa Casa por conta de fraturas, mas ele recebeu alta médica nesta quinta-feira (12). Já o condutor do carro, marido da vítima e pai da criança, Clayton Soares da Silva, continua internado em estado grave na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) também da Santa Casa.

No pálio de Mogi Guaçu estavam cinco pessoas, sendo quatro delas da mesma família. O condutor do carro, o veterinário Jonatas Jefferson de Freitas, de 30 anos, morreu na última segunda-feira (9), na Santa Casa, onde ele estava internado em estado grave. Freitas era morador do Parque Cidade Nova e foi sepultado no Cemitério Santo Antônio.

O passageiro da frente, Jonathan Sales Freire, 26, foi socorrido e liberado. No banco de trás ainda estavam sua irmã, sobrinha e mãe. Jaqueline Helena Freire, 21, que não se feriu gravemente, a filha dela, Ana Helena Freire Contini, de 2 anos, que foi transferida para o Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto e a moradora do Jardim Novo I, Ana Cláudia Ferreira Sales, 42, que continua internada na UTI do Hospital São Francisco.

 

O acidente

A ocorrência foi registrada pela Polícia Militar Rodoviária que apurou que todo o acidente teria acontecido por conta de uma ultrapassagem. Um Ford/Fiesta prata, com placas de Mogi Guaçu, conduzido por um funcionário público, 59, ao tentar ultrapassar, pela faixa da esquerda, o Ford/Fiesta vermelho de Andradas este também abriu ultrapassagem sobre o Celta Preto, quando perdeu o controle de direção, tocou na lateral dianteiro do Fiesta prata e atravessou o canteiro central.

Ainda foi apurado que as duas crianças envolvidas no acidente não usavam cadeirinha de segurança. Equipes de Resgate da Renovias, do Corpo de Bombeiros e do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) prestaram o socorro a todas as vítimas. O acidente foi registrado na Central de Polícia Judiciária (CPJ) como lesão corporal culposa na direção de veículo automotor consumado.

Previous post

Ossada humana é encontrada em plantação - Veja Vídeo

Next post

Autor de homicídio se apresenta à Polícia Civil