Home»Política»Vice-prefeito faz desabafo durante assinatura de contrato

Vice-prefeito faz desabafo durante assinatura de contrato

0
Shares
Pinterest WhatsApp

O vice-prefeito Daniel Rossi (PL) não escondeu que estava emocionado durante a assinatura do contrato para a construção dos dois viadutos na cidade. Durante discurso, ele disse que enfrentou desconfianças e piadinhas feitas em redes sociais. “Confesso a vocês que estou emocionado. Enquanto a gente trabalha, tem alguém que sempre fica trabalhando contrário. Quantos “mi mi mi” a gente escutou. Às vezes até das pessoas que estão mais perto da gente ainda. Mas vamos esquecer isso aí. A obra é uma realidade”, comentou.

Daniel Rossi lembrou que a construção dos viadutos é justificado pelo número de veículos que transitam nos dois locais. Somente no viaduto da Avenida Emília Marchi Martini, segundo cálculo da Secretaria de Obras e Viação, transitam diariamente em torno de 1.200 veículos. Por isso, ele não entende os comentários de pessoas que afirmam que as obras não são importantes para o município. Vale lembrar que a frota de Mogi Guaçu é de 115 mil veículos, entre motos, carros, caminhões e ônibus. “Como que uma obra dessa não é importante?”, questionou no palco do evento montado nas proximidades do viaduto já existente na Avenida Emília Marchi Martini.

Assinatura ViadutoO vice-prefeito comentou que a construção dos viadutos começou a ser discutida em 2015, logo após dobradinha feita com o deputado Márcio Alvino (PL) na eleição de 2014. Lembrou que o projeto de construção dos viadutos precisou ser alterado por conta de algumas deficiências, mas que no final o DNIT deu todo o suporte necessário para que os projetos fossem aprovados.

Ao finalizar seu discurso, Daniel Rossi lamentou, mais uma vez, as desconfianças e as críticas com relação a construção dos viadutos. “O mais importante dessas duas obras é que terá custo zero para o município. Com isso, nós podemos fazer outros investimentos com os valores dos empréstimos. Acho que isso cala a boca dessas piadinhas das redes sociais. Você acaba de colocar que nós ganhamos isso e já começam a falar de outras coisas. Essa obra nós ganhamos de graça. Ou pega ou não tem nada”, desabafou.

Já o prefeito Walter Caveanha (PTB) lembrou que participou efetivamente da construção da Avenida Emília Marchi Martini, há 37 anos, o que à época já trouxe um desenvolvimento para a Zona Leste do município. Por isso, o chefe do Executivo não teve dúvidas em escolher as regiões que receberiam os viadutos. “Essa é uma obra da maior importância para a nossa cidade. Vamos abrir mais oportunidades a empresários, comerciantes e comerciários. Não tenho dúvidas que novos centros comerciais irão se situar na Zona Leste de Mogi Guaçu, gerando qualidade de vida. Gerando condições de mobilidade urbana”, enfatizou o prefeito que também agradeceu o empenho do vice-prefeito, do deputado e do superintendente do DNIT.

O evento realizado na Avenida Emília Marchi Martini contou com as presenças dos vereadores Luciano Firmino Vieira, o Luciano da Saúde (PP), Natalino Tony Silva (Rede), Jéferson Luís da Silva (PROS), Francisco Magela Inácio, o Chicão do Açougue (PSD), e Luís Zanco Neto (PTC), além de secretários municipais.

Previous post

Viadutos serão entregues em 14 meses

Next post

Final de semana tem dança e música na programação