Home»Destaque na Home»Viadutos serão entregues em 14 meses

Viadutos serão entregues em 14 meses

A empresa responsável pelas obras já recebeu a ordem de serviço e tem prazo para entregar os dois viadutos na cidade

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Na última segunda-feira (15), aconteceu o evento que marcou a assinatura do contrato para a construção de dois viadutos em Mogi Guaçu. O investimento ultrapassa os R$ 10 milhões e a obra é totalmente custeada pelo Governo Federal sem qualquer contrapartida do município. Um dos viadutos irá transpor a linha férrea ao lado do já existente na Avenida Emília Marchi Martini e o outro será construído próximo ao que dá acesso ao Jardim Novo I, perto do Sesi.

O prefeito Walter Caveanha (PTB) e o vice-prefeito Daniel Rossi (PL) recepcionaram o superintendente do Dnit (Departamento Nacional De Infraestrutura de Transportes) de São Paulo, Roberto Menezes Ravagnani, o deputado federal Márcio Alvino (PL), além de vereadores e secretários municipais.

As obras são de responsabilidade da construtora Preserva Engenharia, de Cotia (SP), e segundo o superintendente do DNIT, o prazo de execução das obras é de 14 meses. O contrato prevê a construção de dois viadutos sobre a linha férrea e a recuperação do já existente na Avenida Emília Marchi Martini. “A partir de hoje (15), a empresa tem 14 meses para concluir o contrato e desses 14, quatro meses são dados para elaboração dos projetos executivos e os outros 10 para execução das obras. Nós estamos trabalhando para que eles não esperem os quatro meses para iniciar as obras. Na medida com que os projetos vão sendo aprovados, eles já iniciem os serviços. Eu acredito que, no máximo, em dois meses já tenha um movimento significativo aqui no trecho”, informou o superintendente do DNIT à Gazeta.

Roberto
Roberto

Roberto Ravagnani revelou que a construção dos dois viadutos será feita de forma simultânea. “Os serviços de topografia vão ser de imediato, as fundações dentro de dois a três meses a gente está iniciando os pilares. A intenção é que elas sejam feitas simultâneas até por conta da similaridade dos serviços. Então, eles fazem os serviços de infraestrutura de um lado e faz do outro e vem construindo concomitantemente”, disse ao afirmar que o DNIT será o responsável por todo o acompanhamento das obras.

O compromisso com Mogi Guaçu foi ressaltado pelo deputado Márcio Alvino. “Eu tinha priorizado essa obra no meu mandato passado. Com a crise econômica, vários investimentos do Governo Federal foram prejudicados e elenquei uma obra do Ministério da Infraestrutura para que eu pudesse trabalhar e tirar do papel e essa obra foi a de Mogi Guaçu”, contou.

O deputado comentou que a conquista dos recursos para a construção dos viadutos é mérito do trabalho feito pelo vice-prefeito Daniel Rossi, mas principalmente pelo empenho e dedicação do superintendente do DNIT. “O Roberto acompanhou toda a parte técnica para que vencêssemos essa etapa e pudesse passar na reunião de colegiado no DNIT e, daí sim, tivesse autorização para executar”.

Deputado e o prefeito
Deputado e o prefeito

Assinatura Viaduto

Assinatura Viaduto

Assinatura Viaduto

viadutos_projeto (1)

Assinatura Viaduto

 

 

 

Post anterior

Mogi Mirim implanta Casa Lar para atender menores

Próximo post

Vice-prefeito faz desabafo durante assinatura de contrato