Home»Destaque na Home»Vereadores cobram melhorias em antiga vicinal

Vereadores cobram melhorias em antiga vicinal

O assunto foi tema dos discursos em tribuna feito pelos vereadores, entre eles Fabinho e Jéferson

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

A Rodovia SPI 177/342, a antiga rodovia vicinal “Antonio Joaquim de Moura Andrade” que liga Mogi Guaçu a Itapira, foi tema dos discursos feitos na tribuna da Câmara, na última segunda-feira (25). A maioria dos vereadores cobrou as melhorias prometidas pelo Estado após a estadualização da via, em 2014.

Neste sábado (30), o vereador Fábio Aparecido Luduvirge Fileti (PSDB) irá entregar um requerimento que foi aprovado pelos vereadores na segunda-feira. No documento, de autoria do vereador tucano, eles comentam sobre as condições precárias do piso asfáltico e cobram uma posição do DER (Departamento de Estradas de Rodagem). “Estarei em São Paulo no sábado com o governador Dória e pretendo entregar em mãos essa nossa reivindicação”, explicou Fabinho aos colegas.

O requerimento cita algumas melhorias anunciadas pelo Estado logo após a estadualização da vicinal, como a implantação da terceira faixa, sinalização vertical e de solo e recapeamento asfáltico. “Ela foi estadualizada com promessas de melhorias e estou cobrando o novo governador. Sabemos que estudos estão sendo feitos, mas não podemos esperar mais. A estrada tem que estar em condições de uso”, ressaltou Fabinho.

Em dezembro, foi divulgado que o DER apresentou o projeto funcional da Rodovia SPI 177/342.  O engenheiro Leonardo de Lima Santos, funcionário da empresa Sener, responsável pela elaboração do projeto, mostrou a implantação do mesmo sobre imagem aérea e também fez o levantamento de pontos críticos. Na prática, um “diagnóstico” que apontou todas as necessidades para a recuperação total e modernização da pista.

sessao de camara fabio luduvirgeForam apresentados ainda os parâmetros para a pavimentação dos acostamentos, recuperação do asfalto, implantação de terceira faixa e sinalização vertical e horizontal, bem como de vários dispositivos de acesso e retorno.

O vereador Jéferson Luís (PROS) comentou que a mesma cobrança foi feita anteriormente aos governadores Geraldo Alckmin (PSDB) e Márcio França (PSB), mas que não corresponderam. Além disso, o vereador ressaltou que é contrário a cobrança de pedágio na via. “Esperamos um retorno do governador João Dória e que seja feita essa revitalização, mas sem pedágios. Foi uma garantia que tivemos na época em que aprovamos a estadualização da via”, enfatizou o vereador que recebeu apoio dos colegas após discurso em tribuna.

Os vereadores Guilherme de Sousa Campos, o Guilherme da Farmácia (PSD), Natalino Tony Silva (Rede) e Elias dos Santos, o Pastor Elias (PSC) reforçaram a necessidade de se cobrar o Governo do Estado. “Já faz cinco anos desde a estadualização e quase nada foi feito. Precisamos de uma obra maior naquela via”, reforçou Guilherme.

 

ESTADO

A Gazeta pediu informações para a assessoria de imprensa do DER e a mesma informou que os serviços de manutenção e conservação, como operação tapa-buracos, limpeza, poda e roçagem foram iniciados no último dia 18. Além disso, informou que segue em “fase de elaboração o projeto executivo para as obras de modernização da rodovia, em toda extensão, do Km 0 ao Km 22,9”, trouxe trecho da nota enviada, mas sem informar prazos.

sessao de camara jeferson luis

Post anterior

'Patrulha Canina' chega aos palcos do Teatro Tupec

Próximo post

Resultados em Caconde mantém Corug na liderança