Home»Política»Vereador é acusado de usar máquina pública

Vereador é acusado de usar máquina pública

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

O vereador Francisco Magela Inácio, o Chicão do Açougue (PSD), foi acusado de se beneficiar da máquina pública para privilegiar uma eleitora que pediu a ele para conseguir atendimento odontológico na rede pública de saúde. O fato aconteceu nesta quarta-feira (16) e logo se espalhou pelas redes sociais, onde o vereador sofreu críticas, mais acusações e até ameaças de ser representado por populares ao Ministério Público.

Tudo porque, uma mulher estava com o filho pequeno sofrendo com dor de dente e não conseguiu atendimento odontológico na UBS (Unidade Básica de Saúde) do Jardim Canaã. O motivo é que o posto de saúde daquele bairro não conta com dentistas em seu atendimento. Diante disso e da preocupação de ver o filho sofrendo com dor de dente, a mulher pediu ajuda ao vereador Chicão, a fim de que ele conseguisse para ela o atendimento odontológico. “Eu simplesmente disse a ela para que fosse à UBS do Jardim Fantinato porque lá tem dentista no corpo clínico e, certamente, ele iria atender a criança, porque toda urgência é atendida na UBS que tem dentista. E ela realmente conseguiu resolver o problema. Mas ninguém passou na frente de ninguém”, explicou o vereador.

O caso veio à tona porque a mulher – mãe da criança – agradeceu ao vereador publicamente nas redes sociais e o assunto tomou grandes proporções, após alguns internautas entenderem que Chicão teria passado a mulher com o filho na frente de outros pacientes. “Não foi isso que aconteceu. Eu apenas dei uma informação e ajudei, sim, esclarecendo sobre um assunto que a mulher não sabia. Mas não usei a máquina em benefício de ninguém. Entenderam tudo errado”, reforçou o vereador.

Na tarde desta quinta-feira (17), diante das acusações e ameaças, Chicão divulgou um vídeo em sua página no Facebook no qual explica todo o imbróglio em que se envolveu. “Estou tranquilo, com minha consciência em paz e não tenho nada a temer. Caso ainda queiram me representar ao Ministério Público, vou aguardar que façam isso e que provem o que estão dizendo”, concluiu Chicão.

Post anterior

Esquadrilha: no céu, emoção e muita coragem

Próximo post

Nico Lanzi e Alíbio Caveanha serão pavimentadas