Home»Cidade»Vala aberta há mais de dois anos é alvo de queixa

Vala aberta há mais de dois anos é alvo de queixa

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Há mais de dois anos, entulho é utilizado por moradores para tampar uma vala aberta à Rua Nair Vieira, no Jardim Santa Rita. O buraco foi aberto para instalação da tubulação de água visando abastecer as 1.400 casas do Residencial Ypê Amarelo. O problema é que ninguém voltou para fechar a vala e providenciar a pavimentação.

O Ypê Amarelo é abastecido pelo reservatório de água do Ypê VIII, por isso, a vala foi aberta a partir deste ponto e cortou toda a rua até chegar à tubulação do novo bairro. Após tantos meses aberta, a terra da vala foi sendo levada pela enxurrada, abrindo uma cratera em vários trechos. O problema prejudica especialmente aqueles que residem à Rua Jamil Malis, via que cruza a Nair Vieira.

ademir e isabel reclamacao buraco jd guacuanoSegundo a moradora, Isabel Cristina da Silva Gomes, até mesmo um trecho da calçada do vizinho foi danificado após a passagem da tubulação. E assim, como ocorreu com a valeta, ninguém voltou para providenciar o reparo. “Os carros ainda passam por aqui porque os moradores jogam o entulho”, comenta.

Outro morador do bairro, Ademir Rodrigues da Silva conta que o entulho ajuda por um lado, mas atrapalha por outro. Isto porque, a cada chuva, o material depositado na vala segue para o bueiro que acaba entupindo. “O pior de tudo é a gente recorrer à Prefeitura, mandarem a gente no Samae e lá falarem que a construtora é que tem que resolver. Um fica jogando para o outro e ninguém faz nada”, diz. 

Para Isabel, o bairro está esquecido pelas autoridades, pois precisa de coleta de entulho e também de melhorias gerais na pracinha da Rua Jamil Malis.

 

NOTIFICOU

O secretário de Obras e Viação, Salvador Franceli, tem conhecimento do problema no Jardim Santa Rita e afirma que, de fato, não é algo que caiba à sua Pasta ou ao Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto), mas à construtora responsável pelas obras do Ypê Amarelo. “Já notifiquei três vezes e garantiram que ainda neste mês, eles farão o serviço”, afirma.

reclamacao buraco jd guacuano

Post anterior

Mogi Guaçu tem 1.173 casos e Mogi Mirim tem 604

Próximo post

Equipe regional conquista 12º lugar na Liga Paulista