Home»Destaque na Home»Três mulheres estão furtando pessoas em lojas do Centro

Três mulheres estão furtando pessoas em lojas do Centro

Pessoas idosas são os principais alvos das ladras

0
Shares
Pinterest WhatsApp

A Guarda Civil Municipal está alertando a população quanto à conduta de três mulheres que estão praticando o crime de furto dentro de lojas do Centro da cidade. De acordo com o comandante Adorno da Costa, dois casos ocorridos na região estão ligados ao trio. Na última semana, a ação das mulheres, duas delas aparentando ter de 20 a 40 anos, e outra já mais velha, foi flagrada por câmeras de segurança de um comércio.

Adorno relata que nas imagens é possível ver que uma idosa está olhando peças de roupas em diversas araras, momento em que duas mulheres se aproximam e também começam a ver os produtos. Enquanto uma delas distrai a vítima, outra enfia a mão dentro da bolsa dela e logo esconde o que conseguiu furtar sem que a vítima perceba, provavelmente uma quantia em dinheiro. A terceira integrante aparece no final da ação.

O comandante enfatiza que os casos de furto na área central costumam acontecer com mais frequência em datas que ocorrem pagamentos, sendo que as pessoas idosas são os alvos principais dos criminosos por conta da condição física. “São vítimas que terão uma reação menor caso aconteça um flagrante em cima do delito”. Diante disso, o comandante orienta que pessoas idosas devem sempre ir às compras e as agências bancárias acompanhadas de um familiar. “Sempre que for possível estar junto com alguém que tenha uma idade não tão avançada como filhos, por exemplo,”.

Isso porque, Adorno explica que quem comete o crime de furto são pessoas de má índole que aparentam serem pessoas boas, mas que ficam procurando vítimas vulneráveis com o objetivo de furtar dinheiro e aparelhos de celular.

Outra dica é sempre estar atento as bolsas e carteiras. “Coloque a bolsa sempre na frente do corpo e nunca a deixe em cima de balcões”. E as vítimas que perceberem que foram furtadas devem ir à delegacia de polícia registrar o Boletim de Ocorrência. Quanto às três mulheres que estão agindo dentro de lojas do Centro, o comandante da GCM disse que caso elas sejam identificadas e levadas ao plantão policial, elas serão indiciadas pelo crime de furto. “Elas podem ser liberadas, mas vão ter que responder na Justiça”.

Qualquer informação que leve ao paradeiro das ladras podem ser passada a Guarda Civil Municipal no telefone 153 ou a Polícia Militar no número 190, lembrando que a identidade do denunciante sempre é preservada.

Previous post

GAZETA GUAÇUANA, 12 de outubro de 2019

Next post

Paulista goleia, mas Bandeirante continua líder do Quarentão