Home»Em Destaque»Torta Camafeu

Torta Camafeu

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Por: Camila Maria

O camafeu, do latim cammaeus, que significa pedra entalhada ou esculpida, surgiu como joia e adorno por volta do ano 300 a.C. em Alexandria. Eram produzidos a partir de pedras como ágata, ônix e sardônica e continham imagens de deuses, deusas, cenas mitológicas e figuras femininas. As mulheres do período Helenístico usavam camafeus com a figura do deus Eros para demonstrar que estavam abertas ao amor. Até o século XIX, eles eram também utilizados por homens em elmos, capacetes, armaduras, punhos de espadas, broches e anéis.
Com o tempo, os camafeus passaram a ser usados também em objetos decorativos, como vasos, baixelas, taças e copos, principalmente nas casas de famílias mais abastadas entre os séculos XV e XIX. A rainha Vitória ditou moda entre as mulheres de sua época com seus camafeus, usando-os nas blusas, nos vestidos ou numa fita em volta do pescoço. O imperador francês Napoleão I foi outra figura histórica apaixonada pelos camafeus, chegou até a fundar em Paris uma escola para ensinar a arte da produção deles a jovens aprendizes.
Inspirado neste ornamento tão antigo e adorado surgiu o doce que leva o mesmo nome. Criado em Portugal imitando o formato da joia, o docinho de nozes coberto por uma fina casquinha açucarada, o fondant, está presente na mesa de casamentos e festas no mundo todo.
Experimente essa torta com recheio de camafeu, pode ter certeza que todos vão amar!

INGREDIENTES:
Base da torta:
1 e 1/2 pacote de biscoito maisena triturado (300g)
1/2 colher (chá) de canela em pó (opcional)
5 colheres (sopa) de manteiga
Recheio
150g de manteiga em temperatura ambiente
1/3 de xícara (chá) de leite condensado
4 colheres (sopa) de açúcar de confeiteiro
1 colher (chá) de essência de baunilha
1 lata de creme de leite gelado sem soro
1/3 de xícara (chá) de nozes picadas
Cobertura
2 a 3 colheres (sopa) de leite ou água
1 xícara (chá) de açúcar de confeiteiro
Nozes inteiras para decorar

MODO DE PREPARO
Em uma vasilha grande, misture o biscoito, a canela e a manteiga com a ponta dos dedos até obter textura de farofa. Forre o fundo e a lateral de uma fôrma de fundo removível canelada apertando com os dedos. Leve ao forno médio, preaquecido, por 12 minutos. Deixe esfriar.
Bata na batedeira em velocidade média a manteiga e despeje o leite condensado em fio, sem parar de bater. Acrescente o açúcar, a baunilha e bata novamente. Adicione o creme de leite e as nozes e misture até ficar homogêneo. Espalhe sobre a massa e leve à geladeira por 3 horas.
Misture o leite no açúcar, aos poucos, até obter textura de mingau grosso. Espalhe sobre o recheio já gelado e firme e decore com as nozes. Leve a geladeira por 1 hora para firmar bem, desenforme e sirva.

*Camila Maria é formada em gastronomia, atua como chefe de cozinha e é ex-sócia-proprietária da Estação Chopp, em Mogi Guaçu.

Post anterior

Estela e Fabiana

Próximo post

1ª Noite do Camarão