Home»Opinião»Tome Nota de terça-feira, dia 8

Tome Nota de terça-feira, dia 8

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Vitrine

A 7ª etapa da Stock Car realizada na cidade neste final de semana serviu de vitrine, principalmente para os políticos. O desfile de autoridades dentro do autódromo Velo Città foi grande e eles também aproveitaram para ‘tietar’ os pilotos e conversar com empresários que lá estavam. Quem via o prefeito Walter Caveanha (PTB) e o vice Daniel Rossi (PR) juntos até achava que a dupla estava mais do que afinada. Mas fora de eventos não é bem essa a realidade.

 

Tenso

Este segundo semestre começou em clima de disputa na Câmara Municipal. Embora defendam que os vereadores estejam unidos e trabalhando em prol da população, nos corredores da Casa de Leis as conversas dão conta de que o estica e puxa começou com tudo. Cada vereador quer ‘puxar’ para si o apoio do outro tanto para a disputa da Presidência da Câmara quanto para conseguir a aprovação de projetos de lei, requerimentos e votações em regime de urgência.

 

PR x PTB

O vereador Thomaz Caveanha não pode se desfiliar do PTB por causa da fidelidade partidária. Caso ele opte por deixar a sigla, corre o risco de perder o mandato, já que foi eleito pelo PTB. Mas, se não fosse isso, Thomaz provavelmente já teria deixado o partido ao qual é filiado há vários anos. É que o assédio do PR é forte e vem cativando Thomaz que vê no Partido Republicano um bom aliado político e que não dispensa atenção ao vereador.

 

Cadê?  
O PMDB de Mogi Guaçu está mais apático do que nunca. O presidente da sigla na cidade, o médico André Paliares, também não faz questão alguma de dar sinais de que o PMDB ainda está vivo. Por enquanto, o único filiado à sigla que ainda a representa é mesmo o ex-prefeito Hélio Miachon Bueno, que se mantém fiel e sem intenção de deixar o PMDB. Já os demais não garantem tanta lealdade assim. 

 

Post anterior

SSM se esforça para coibir despejos irregulares

Próximo post

Câmara se prepara para contratar aprovados em concurso