Home»Opinião»Tome Nota da edição do dia 13

Tome Nota da edição do dia 13

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Vai, não vai
O ex-prefeito Paulo Eduardo de Barros, o Dr. Paulinho, permanece filiado ao PHS, mas não desistiu de migrar para o PMDB. “Ainda não desfiliei do PHS”, confirmou o ex-prefeito. Pré-candidato a prefeito de Mogi Guaçu nas eleições municipais de 2020, ele garante que irá para o PMDB tão logo cumpra com os trâmites necessários. “Preciso separar alguns documentos, entregar carta de desfiliação, enfim, essas burocracias todas”, comentou.

 

De olho
O G.A.M. (Grupo de Apoio ao Mandi) aguarda pela visita do secretário de Obras e Viação, Salvador Franceli, ao Corpo de Bombeiros para tratar da regularização do estádio municipal “Alexandre Augusto Camacho”. Os integrantes do G.A.M. estão acompanhando de perto todo o desenrolar dos fatos que envolvem o Clube Atlético Guaçuano e estão mantendo contato semanalmente com o presidente da Câmara, Luís Zanco Neto, o Zanco da Farmácia (PTC).

 

Pausa
A prefeita de Estiva Gerbi, Cláudia Botelho (PMDB), está descansando no litoral. Ela ficou uma semana fora da Prefeitura estivense. “Tirei esta semana para descansar um pouco e estou aqui, na praia, passeando. Semana que vem estou de volta ao trabalho e tenho muitas informações novas para dar à população de Estiva. Fechamos 2017 com saldo positivo e entramos em 2018 com muito empenho e disposição”, disse Cláudia.

 

Quietos

Os vereadores não compareceram ao Residencial Ypê Amarelo, nesta semana, durante as invasões das casas fechadas. No fim do ano passado, alguns vereadores até chegaram a ir ao bairro verificar de perto se realmente havia casas fechadas, sem moradores. Mas, durante as invasões, ao que consta, nenhum dos vereadores quis ir até lá tentar interferir na situação.

 

Post anterior

Força Tática recupera carro roubado e prende autor de crime

Próximo post

PM e GCM garantem que vão intensificar patrulhamento