Home»Opinião»Tome Nota da edição de sábado, dia 7

Tome Nota da edição de sábado, dia 7

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Largada

Apesar da maioria das pessoas já estar pensando nas festas de final de ano, os grupos políticos têm outra prioridade: eleições 2020. Nesta semana, o PL do vice-prefeito Daniel Rossi confirmou que ele é o pré-candidato da sigla apresentando todos os requisitos necessários para o cargo. O próprio Daniel Rossi discursou durante evento promovido pelo PL, mas evitou falar diretamente que é pré-candidato. Preferiu manter-se alinhado a fala do prefeito Walter Caveanha (PTB) de que o grupo espera uma posição do ex-prefeito Hélio Miachon Bueno (MDB).

 

Tática

Para a oposição, os discursos do prefeito e do vice-prefeito foram ajustados para que uma pressão já começasse a ser feita sobre o ex-prefeito, pois ele também tem dado sinais que pode apoiar o presidente da Câmara, Rodrigo Falsetti (PTB), que já confirmou sua pré-candidatura e que está deixando as fileiras do PTB. Para os políticos, Hélio Miachon tem confirmado aos mais próximos que não tem intenção de disputar o pleito do próximo ano. Ele não sendo, cairia por terra qualquer promessa de apoio feita por Caveanha e seu grupo. Hélio, por sua vez, tem mantido o mistério e a distância da imprensa.

 

Reforço

Enquanto os deputados Márcio Alvino e André do Prado não compareceram ao evento do PL, o Podemos contou com a presença da deputada federal Renata Abreu e do vereador de São Paulo Mário Covas Neto. Inicialmente, a pré-candidatura do professor Edson Domingues seria ratificada num evento em Mogi Mirim. Mas os políticos optaram por anunciar a pré-candidatura a prefeito do Podemos numa coletiva de imprensa horas antes do evento na cidade vizinha. Eles reforçaram total apoio à candidatura de Edson Domingues em 2020.

 

Descanso

A sessão da próxima segunda-feira (9) promete ser movimentada. Será a última antes do recesso parlamentar dos vereadores. Na pauta de votação não constam projetos polêmicos para serem analisados, mas a tribuna da Câmara deve ser bastante requisitada, pois as sessões voltam no dia 3 de fevereiro. Assuntos esperados são: UPA, corredor de ônibus, aumento da tarifa e emenda impositivas. Além disso, os vereadores vão receber o secretário da Fazenda, Roberto Simoni, que irá falar exclusivamente sobre a reabertura da UPA a pedido do vereador Luciano Firmino Vieira, o Luciano da Saúde (PP).

Previous post

Deputada confirma apoio a Edson Domingues

Next post

Julia Braga vence Jogos Escolares da Juventude