Home»Opinião»Tome Nota da edição de sábado, dia 5

Tome Nota da edição de sábado, dia 5

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Tudo não

Os vereadores que compõem a base de sustentação do prefeito Walter Caveanha (PTB) estavam alinhados na sessão da última segunda-feira (30). Pode ser que as sucessivas derrotas do prefeito em plenário tenham sido o motivo para que os vereadores optassem por votar em conjunto. Pedidos simples de solicitação de informações, como a falta de água, foram negados pelo grupo – Jéferson, Elias, Chicão, Carlos Kapa, Luciano, Zanco e Thomaz. Até o requerimento que convocava o secretário de Planejamento, Luis Henrique Bueno Cardoso, não foi aprovado pelos vereadores de situação. A reunião com o prefeito antes da sessão surtiu efeito.

 

2020

A corrida eleitoral literalmente começou. Partidos políticos têm reforçado suas bases e feito questão de dar publicidade para cada nova filiação. Até parece uma disputa de quem consegue mais filiados. Enquanto engrossam suas fileiras, os grupos políticos estão de olho na divulgação dos nomes que pretendem concorrer ao cargo de prefeito em 2020 e tentam traçar estratégia para quando anunciar seus pré-candidatos. Alguns se arriscam em até fazer cálculos de quantos votos precisariam para vencer a disputa pela Prefeitura. O fato é que muita coisa pode mudar até o próximo ano, inclusive, conhecidos acordos caírem por terra.

 

Movimento

Quem está procurando um lugar ao sol é o empresário e ex-secretário de Educação, Marcos Antonio. O presidente do diretório municipal do PSD esteve em São Paulo, ontem (4), conversando com secretário licenciado da Casa Civil do Estado, Gilberto Kassab, e com o ex-deputado Guilherme Campos. Tudo indica que o empresário foi discutir o apoio do partido para sua futura pré-candidatura a prefeito, que é dada como certa por amigos próximos. Nas últimas eleições, o PSD elegeu três vereadores- Guilherme, Chicão e Carlos Kapa-, sendo que os dois últimos votam com a situação.

 

Turismo

Um vídeo de quase cinco minutos foi produzido pela Prefeitura e pelo Comtur (Conselho Municipal de Turismo), a fim de divulgar o App de Informações Turísticas que acabou de ser lançado. No vídeo, é contada a história de Mogi Guaçu destacando os pontos turísticos do município. São destacados o comércio, a economia, a gastronomia, a cultura e o lazer. O Parque Chico Mendes e o Jardim dos Lagos são citados como sendo locais de lazer para a população. O fato é que o primeiro está fechado há mais de 10 anos e o segundo só foi reaberto recentemente devido a um trabalho feito por voluntários.

 

Previous post

“Luz que Anda” leva música aos hospitais

Next post

R$ 970 mil são liberados para reforma do Centro Cultural