Home»Opinião»Tome Nota da edição de sábado, dia 31

Tome Nota da edição de sábado, dia 31

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Reforço

Integrantes da Administração Municipal voltaram a se reunir com foco total nas eleições municipais de 2020. O assunto foi tema de pelo menos dois encontros recentes na residência da ex-vereadora Irene Delfino da Silva (PSB). Na última, realizada nesta semana, reuniu o prefeito Walter Caveanha (PTB), o ex-prefeito Hélio Miachon Bueno (MDB), o vice-prefeito Daniel Rossi (PL) e oito vereadores. O médico Dênis Camilo de Carvalho (PCdoB) é presença garantida nos encontros, que tem como meta o fortalecimento do grupo para a disputa que se aproxima.

 

Vai ser?

Um dos assuntos mais comentados no meio político tem sido se o pediatra, marido da secretária de Saúde, Clara Alice Franco de Almeida Carvalho, será o candidato a prefeito do grupo. Uma ala próximo de Caveanha não esconde que ele é a preferência. Já outra diz que Dênis tem dito que não tem interesse em disputar a Prefeitura, mas que poderá atuar nos bastidores. E uma terceira ala garante que a negativa do médico não passa de encenação para que ele não vire foco da oposição. Segundo essa última ala, Dênis seria, sim, o candidato do grupo e ponto.

 

Mudanças

Caso Dênis seja candidato, ele deve mudar de sigla. E tudo indica que ele pode estar de malas prontas para o PSB de Irene. A mudança é dada como certa. Aliás, o PSB também deve ser a nova ‘casa’ do vereador Luís Zanco Neto (PTC), que nunca escondeu que mudaria de partido, mas não confirmou até agora qual seria o escolhido. Diante de tanto disse me disse uma coisa é dada como certa. Independente da preferência e escolha do grupo de situação, o vice-prefeito Daniel Rossi já avisou aos mais próximos que será candidato a prefeito no próximo ano. Então, tá.

 

Que feio

O teatro Tupec tem recebido com frequência diversos artistas e alguns mais conhecidos, como foi o caso do humorista Márvio Lúcio, o Carioca. Ele esteve em Mogi Guaçu no último dia 25 e mandou um recado ao prefeito Walter Caveanha: “Prefeito, precisa colocar ar condicionado nesse teatro, que calor!”. O comentário do humorista foi acompanhado por aplausos do público que apoiou o pedido. Essa não é a primeira vez que a falta do ar condicionado é motivo de críticas no Tupec. Recentemente, o humorista Thiago Ventura chegou a gravar um vídeo, no qual reclamou do calor e citou o prefeito para que o problema seja resolvido. Recado dado.

Previous post

Editorial: Não tão básico assim

Next post

“Clássicos do Brasil” na voz de cantores guaçuanos