Home»Opinião»Tome Nota da edição de sábado, dia 23

Tome Nota da edição de sábado, dia 23

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Eleição

É só essa coluna falar sobre o assunto eleição que pipocam informações sobre o pleito que será realizado em outubro de 2020. Diversos nomes já despontam como propensos candidatos ao cargo de prefeito e, claro, fica ainda a dúvida com relação ao nome que receberá apoio do prefeito Walter Caveanha (PTB). O vice-prefeito Daniel Rossi (PR) é defendido por alguns integrantes do atual governo, enquanto outros torcem o nariz. O nome do superintendente do Samae, Elias Fernandes de Carvalho, tem ganhado força. Será que daí pode sair uma dobradinha?

 

Compra

A divulgação feita pela Prefeitura da compra de duas caminhonetes para a frota da Vigilância Epidemiológica não foi muito bem digerida por parte da população. Eles questionam o valor gasto e o tipo dos veículos. Nem mesmo a justificativa de que as caminhonetes serão usadas no combate à dengue cessou as críticas.  As duas Mitsubishi L200 Triton de cabine dupla foram entregues pelo prefeito Walter Caveanha à secretária de Saúde, Clara Alice Franco de Almeida Carvalho, na terça-feira (19). Cada caminhonete custou R$ 140.500,00. Os veículos serão usados nas ações de prevenção à dengue e outras endemias. Sobre esse investimento, a própria secretária poderá responder aos vereadores.

 

Visita

Clara Alice Franco de Almeida Carvalho é esperada na sessão da Câmara. Ela foi convidada a comparecer ao Legislativo para conversar com os vereadores sobre os assuntos da área da Saúde. A secretária já foi sabatinada no ano passado e, agora, é esperada para nova conversa com os vereadores. O convite foi feito pelo presidente da Câmara, Rodrigo Falsetti (PTB). Ele recebeu o sim da secretária e aguarda o agendamento da data. Entre os assuntos, a cobrança para o retorno da UPA (Unidade de Pronto Atendimento). A Prefeitura, até agora, não se manifestou sobre qual destinação será dada ao prédio do Jardim Santa Marta.

 

Manifesto

O Sindicato da Alimentação tem realizado protestos na cidade e região. Na tarde da última quinta-feira (21), um grupo foi visto nas proximidades da rotatória do Centro de Saúde da Avenida dos Trabalhadores. Um caixão, várias cruzes e faixa foram levados para o canteiro da via e os participantes tentavam chamar a atenção de quem passava pelo local. Eles são contrários à reforma da Previdência apresentada pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL). Para eles, o trabalhador será o mais prejudicado. Outras ações serão realizadas.

Post anterior

Empresas têm até o dia 28 para apresentar amostras

Próximo post

Dengue: Casos aumentam 2.214% em relação a 2018