Home»Opinião»Tome Nota da edição de sábado, dia 20

Tome Nota da edição de sábado, dia 20

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Sintonia

Os discursos do evento de assinatura do contrato para a construção dos dois viadutos já deram o tom de que as eleições municipais se aproximam. O prefeito Walter Caveanha (PTB) e o vice-prefeito Daniel Rossi (PL) mostraram estar em sintonia, o que não era observado desde que venceram as eleições em 2016. Apesar de não ter o apoio de todo o grupo para ser o candidato a prefeito em 2020, Daniel Rossi ganhou pontos ao conseguir, por intermédio do deputado Márcio Alvino (PL), a liberação da obra. A ‘rasgação’ de elogios entre Caveanha e Rossi também chamou a atenção.

 

Poucos

O evento foi divulgado pela Administração Municipal. Mesmo assim, não conseguiu atrair os moradores na segunda-feira (15), quando ocorreu o ato de assinatura. A grande maioria dos presentes era funcionário comissionado, com destaque para os secretários municipais. O mesmo apoio não veio da Câmara. Apenas cinco vereadores estiveram presentes e subiram no palco montado pela Prefeitura. Nem mesmo o vereador Thomaz Caveanha (PTB) foi ao evento para prestigiar o pai. Mas faltou por um bom motivo: estava em viagem a Aparecida. Ah, fogos não faltaram no final do evento.

 

Projetos

Um detalhe chamou a atenção no discurso do vice-prefeito Daniel Rossi. Ao saber da possibilidade de que o Governo Federal poderia liberar recursos para a construção de viadutos/pontes, a Prefeitura teria que se apressar para apresentar projetos. E disse que avisou o secretário de Obras, Salvador Franceli, para que procurasse na Prefeitura, pois sabia da existência de projetos prontos. E não é que tinha mesmo. Integrantes da Administração Municipal do ex-prefeito Paulo Eduardo de Barros, o Dr. Paulinho (MDB), disseram que esses mesmos projetos chegaram a ser protocolados em Brasília. 

 

Grupão

As reuniões do grupo de oposição continuam a todo vapor. No último sábado (13), o ex-vereador Alexandro de Araújo, o Alex Tailândia (PRB), tomou um café com o empresário André Bueno (sem partido) e outros integrantes do grupo, entre eles o vereador Guilherme de Sousa Campos, o Guilherme da Farmácia (PSD). Eles discutiram sobre as eleições municipais do ano que vem e reforçaram ao ex-vereador a importância do grupo se unir para definir entre os participantes os candidatos que irão disputar o comando da Prefeitura. Alex Tailândia teria gostado da ideia e é esperado para poder compor o grupo.

 

 

Post anterior

Dia do amigo: Laços de afeto, consideração e respeito

Próximo post

R$ 360 mil serão destinados para centros esportivos