Home»Opinião»Tome Nota da edição de sábado, dia 2

Tome Nota da edição de sábado, dia 2

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Conciliador

O vereador Elias dos Santos, o Pastor Elias (PSC), não negou os rumores de que poderia assumir uma Secretaria na gestão do prefeito Walter Caveanha (PTB). O assunto ainda tem rendido nos corredores da Câmara. A ideia era que a vaga deixada por Pastor Elias fosse preenchida pelo ex-vereador e diretor do Cegep, Ivens Chiarelli. Mas o vereador disse que ele não foi procurado pelo prefeito para comentar sobre o assunto. “Acho que esse meu jeito conciliador está levando esse assunto, mas o prefeito ainda não me procurou, não”, comentou Pastor Elias.

 

1º escalão

No último sábado (23), foi publicada a exoneração do secretário de Governo, Márcio Antonio Ferreira, no jornal que traz os atos oficiais do município. Na sequência, foi publicado o edital que confirma a nomeação de Márcio como diretor da Faculdade Municipal “Professor Franco Montoro”, vaga que ele já tinha ocupado antes de ir para a Secretaria de Governo. Agora, a equipe de Caveanha está com dois secretários a menos: o de Governo e o da Saama. Por isso, aumentam os rumores de que haverá mudanças no 1º escalão da Prefeitura.

 

Tucano

Quem está de volta ao ninho tucano é o advogado, ex-vereador e ex-secretário de Negócios Jurídicos, João Reis. Após ficar desfiliado do PSDB por 15 anos, ele volta para ajudar a diretoria executiva do partido a se organizar para as eleições de 2020. A eleição foi realizada no último domingo (24), quando o vereador Fábio Aparecido Luduvirge Fileti foi confirmado presidente do diretório municipal. A meta do partido é ter candidato ao cargo de prefeito nas eleições de 2020 e um forte grupo para disputar a Câmara.

 

Peteca

Os vereadores voltaram a reclamar da falta de informações na Prefeitura. A maioria diz que os assuntos são jogados de uma Secretaria para outra. A dificuldade é maior quando os assuntos são polêmicos, como o caso da falta de produtos na merenda. Por conta disso, até vereador que compõe a base aliada tem pedido ao prefeito Walter Caveanha que melhore o canal de comunicação tanto com a Câmara quanto com a população. Eles defendem que os assuntos sejam esclarecidos o mais rapidamente possível, pois acreditam que as notas oficiais divulgadas não têm surtido efeito.

Post anterior

Formando Spallas encerra inscrições neste sábado

Próximo post

Merenda: Ela assumiu a responsabilidade, diz pastor Elias