Home»Opinião»Tome Nota da edição de sábado, dia 15

Tome Nota da edição de sábado, dia 15

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

 Nervos…

O clima ficou tenso na reunião entre a comissão de feirantes e os vereadores, na segunda-feira (10). Tudo porque um dos representantes dos feirantes, Alceu Kemp, o Galo, entrou na sala para participar da reunião, mas não permaneceu mais do que 10 minutos. Ao tentar argumentar com os vereadores e com o secretário da SSM, Luiz Martini Neto, que também estava presente, Kemp não conteve os ânimos e passou a gritar, bater na mesa e saiu da sala batendo a porta.

 

… a flor da pele

Kemp contestou os vereadores e o secretário afirmando que a Prefeitura não tem nenhum projeto novo para mudar a feira livre do Parque Cidade Nova para outro local. “É mentira! Não tem projeto nenhum”, gritou Kemp batendo na mesa da reunião. Ao ser também contestado pelos vereadores e por alguns feirantes, Kemp deixou a sala de reuniões batendo a porta. “Resolvam vocês, então!”, esbravejou ele ao grupo de feirantes.

 

Pisando em ovos

Alguns vereadores e secretários municipais estão se desdobrando para tentar não ficar em maus lençóis com candidatos a deputado que estão em campanha na cidade. Num curto intervalo de dias, vereadores e secretários estiveram na reunião de campanha política do vice-prefeito Daniel Rossi (PR) e também do deputado estadual Barros Munhoz (PSB). Ambos disputam vaga na Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo). Quem também cumpriu essa maratona de encontros foi o ex-prefeito Hélio Miachon Bueno. 

 

Nos corredores

A disputa pela Presidência da Câmara de Mogi Guaçu não esfriou por causa do início da campanha eleitoral. Pelo contrário, a disputa pela cadeira de comando da Casa de Leis segue firme, forte e acirrada. Aos poucos, o nome do vereador Francisco Magela Inácio, o Chicão do Açougue (PSD), vai ganhando força e aprovação dentro do Legislativo. Inclusive, ele tem sido o nome que mais recebe o apoio do Governo Municipal, mesmo tendo sido eleito vereador pelo grupo de oposição ao prefeito Walter Caveanha (PTB).

Post anterior

Caso Zelador: Decisão do MP deixa pais apreensivos

Próximo post

Registro: País tem mais de 130 mil nomes diferentes