Home»Caderno C»Teatro Tupec: Dança e teatro em “Volta ao Mundo”

Teatro Tupec: Dança e teatro em “Volta ao Mundo”

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

“Volta ao Mundo”. É o tema do novo espetáculo do Studio de Artes e Dança WM´s. A ideia é propor ao público uma linda viagem, enfocando a arte, a cultura e os costumes de vários países. Tudo pontuado pela dança e pelo teatro, levando ao palco 60 pessoas, entre bailarinos e atores. O espetáculo terá duas apresentações, dias 15 e 16, sempre a partir das 20 horas, no Teatro Tupec do Centro Cultural.

Os ensaios começaram há seis meses. Afinal, o trabalho é grande, assim como a riqueza de detalhes. Isso sem falar no número de pessoas envolvidas para contar esta história. “Vamos falar de alguns viajantes que estão em busca de aventuras. Será um espetáculo didático, lúdico e bem humorado”, promete o diretor Wellington Vitor.

dança_WMs4O ponto inicial da viagem será o Brasil de onde os viajantes ganham o mundo, conhecendo a história de muitos países. Tudo pontuado por muito humor que, segundo Wellington foi o que o levou à junção do teatro com a dança. “É uma espetáculo com caracterização infantil, mas uma mensagem adulta”, completa.

No palco bailarinos e atores de várias idades. A dança passará por balé clássico e contemporâneo, jazz, dança do dentre, dança indiana, dança afro e muitas outras que completarão a “Volta ao Mundo”. Mas, claro, Wellington faz suspense sobre o desfecho do espetáculo, adiantando apenas que haverá grande surpresa no final em relação ao desfecho da história das personagens.

O espetáculo terá duração de 1h40, sem intervalos. A direção geral é de Wellington Vitor, a direção teatral de Luiz Dalbo e os figurinos de Rafa Oliveira.

dança_WMs6

SERVIÇO

Volta ao Mundo

Onde: Teatro Tupec

Com: Studio de Artes e Dança WM´s

Quando: dias 15 e 16

Horário: 20 horas

Ingressos: R$ 40 (inteira), R$ 20 (antecipado e meia-entrada)

Pontos de venda: bilheteria do teatro, no WMs ou no site www.megabilheteria.com.br

 

Post anterior

Sem recursos para reforma, quadra segue interditada

Próximo post

Professores querem atribuição de aulas por pontuação