Home»Cidade»SOV melhora sinalização próximo às escolas

SOV melhora sinalização próximo às escolas

O projeto abrange todas as escolas e visa oferecer trânsito mais seguro para a comunidade escolar

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

“Trânsito Seguro nas Escolas” é o nome dado para a ação que a SOV (Secretaria de Obras e Viação) desenvolverá em todas as escolas locais. O trabalho vai ao encontro do Movimento Maio Amarelo, que visa chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.

O objetivo do movimento é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil. A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar a sociedade envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para efetivamente discutir o tema.

De acordo com o secretário de Obras e Viação, Salvador Franceli, a primeira escola a receber a sinalização foi a Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) “Antônio Carnevalle Filho”, no Itacolomy II. “Faremos faixas elevadas para pedestres, sinalização horizontal e também vertical. Além disso, onde for possível vamos manter única de direção em frente às escolas”, detalhou.

As melhorias serão feitas com recursos próprios da Pasta, sendo que o trabalho se intensifica a partir da próxima semana. Franceli explicou que, muitos motoristas não respeitam as normas de trânsito e trafegam em alta velocidade próximo às escolas, o que gera a necessidade de intervenções como é o caso da faixa elevada de pedestres ou lombadas.

lombada av padre jaimeEsta semana, o reforço em uma lombada à Avenida Padre Jaime, no Jardim Planalto, gerou várias queixas nas redes sociais. A alegação dos reclamantes foi sobre a altura do dispositivo e, com isto, o número de acidentes que provocou, pois alguns motociclistas caíram no local. Franceli foi categórico ao afirmar que, não se trata de uma nova lombada, pois já havia dispositivo no local. “Quando a Padre Jaime foi recapeada, a lombada quase sumiu. E, por isso, os motoristas passavam e nem se davam mais conta de que ela existia. Agora, só refizemos porque é um local perto de creche e que havia grande dificuldade de travessia. E tinha veículo que passava por ali a mais de 80 km por hora”, justificou.

O secretário disse ainda que a lombada está dentro das normas de trânsito e que não oferece risco de acidentes, desde que os motoristas respeitem o limite de velocidade da via. “Tem sinalização de solo e placas novas”, frisou observando que a única coisa feita foi adequar a altura da lombada. A estrada vicinal de acesso ao Distrito de Martinho Prado Júnior recebeu duas lombadas, ambas nas imediações da entrada e saída de um pesqueiro.

Post anterior

Domingo é dia de Circuito Sesc de Artes

Próximo post

Prefeitura não dará reajuste salarial aos servidores