Home»Cidade»Secretária rebate crítica à merenda do Caic

Secretária rebate crítica à merenda do Caic

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Não há problemas na merenda servida aos alunos do Caic (Centro de Atendimento Integral à Criança), no Jardim Santa Terezinha. A afirmação é da secretária de Educação, Célia Maria Mamede. Isto porque, esta semana, o vereador Fábio Luduvirge Fileti, o Fabinho (PSDB), postou vídeo em rede social na qual mostra os alunos recebendo bolacha e suco na hora da merenda.

O vereador atribui a situação ao déficit de funcionários do Caic e frisou que, de fato, não havia falta de mantimentos, pois as geladeiras estavam abastecidas. “Só tem duas merendeiras e há mais de ano está faltando funcionários”, diz no vídeo publicado em rede social. Fabinho reforça que a falta de funcionários se estende aos serviços gerais e ainda aos professores. “Segunda-feira duas salas foram dispensadas e hoje (terça-feira) mais uma. Tudo por falta de professor”, diz.

O fato, ocorrido na terça-feira (12), foi classificado como pontual pela secretária de Educação e decorrente da falta de consulta à Pasta. “Há quatro funcionários na cozinha central do Caic e, no momento, dois estão afastados. E, ontem (terça-feira), um não estava bem e não foi trabalhar. Com isto, a coordenação achou melhor servir suco e bolacha”, detalha Célia.

No entanto, a dispensa estava suprida com todos os mantimentos necessários para elaboração das refeições. “Embora, mesmo estando com todos os ingredientes, não tiveram o cuidado de consultar a secretaria sobre o que poderia ser feito nesta situação”, reforça a secretária. Ela também nega haver falta de funcionários de serviços gerais e aponta que um deles está afastado.

De acordo com Célia, os afastamentos são situações que acontecem no dia a dia da Pasta e com funcionários de vários setores. No referente aos professores, ela revelou que, quando as ausências são comunicadas em cima da hora, não há como suprir as faltas. Em geral, os professores comunicam a ausência com um dia de antecedência, o que não aconteceu nestes dois dias no Caic.

O vereador disse que, após repercussão do fato, nesta quarta-feira (13) estava normalizada a merenda, inclusive com seis funcionários na cozinha. A queixa sobre a falta de merendeiras foi feita ao vereador por uma mãe e aluno.

merenda caic

merenda caic

Post anterior

Prefeitura define horário especial para a Copa

Próximo post

Carne da merenda: Processo está pronto para decisão na 1ª instância