Home»Destaque na Home»Samae está proibido de cobrar taxa de religação de água

Samae está proibido de cobrar taxa de religação de água

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Está extinta em Mogi Guaçu a taxa de religação de água para residências que tiverem o fornecimento cortado. Isso porque, a Câmara promulgou a lei nº 5.280/2019, de autoria do vereador Rodrigo Falsetti.

O presidente da Câmara informou que o prefeito Walter Caveanha comunicou que a lei não seria sancionada. Por isso, a promulgação foi feita pelo Legislativo.

Com a publicação da lei, a taxa de religação não pode ser mais cobrada pelo Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto). O valor da taxa era de R$ 104.

A partir de agora quem tiver a água cortada por falta de pagamento da conta, somente precisará regularizar o débito junto a autarquia. Mas não terá que pagar a taxa de religação.

Rodrigo Falsetti voltou a dizer que não achava justa a cobrança da taxa e que a promulgação da lei é uma vitória da câmara e que beneficiária toda a população guaçuana.

Previous post

Caminhão tanque atravessa rotatória e bate em árvore

Next post

Jardim Damasco: Após cinco anos, bairro será pavimentado