Home»Caderno C»Cultura»“Saltimbancos”, musical promete encantar

“Saltimbancos”, musical promete encantar

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

O musical infantil “Os Saltimbancos” marca o encerramento de mais um módulo do curso técnico de arte dramática do Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial). O espetáculo será apresentado nesta segunda-feira (31), às 20 horas, no Teatro Tupec do Centro Cultural. A entrada é franca.

No palco, nove alunos do curso sob a orientação geral da professora Aline Cezarone. É a terceira peça do grupo. Através de projeto integrador que visa unir as áreas dos cursos realizados no Senac, a maquiagem e o figurino do musical são de alunos dos cursos de maquiagem e costura.

teatro senac aline diretora peca

Neste caso, Aline conta ter optado pelo texto porque fez história no teatro brasileiro e tem uma mensagem subliminar de Chico Buarque, pois o país vivenciava o período da ditadura.

O musical é inspirado no conto “Os Músicos de Bremen”, dos irmãos Grimm. “Os Saltimbancos” narra as aventuras de quatro bichos que, sentindo-se explorados por seus donos, resolvem fugir para a cidade e tentar a sorte como músicos. Essa obra trata da união de um grupo de animais contra a exploração realizada por seus patrões.

teatro senac

Questões como união, solidariedade, justiça e diversidade são alguns dos conceitos que a narrativa do musical consegue transmitir aos que têm a oportunidade de apreciá-la. A história desses animais tem uma relação muito importante com o contexto histórico vivido no Brasil daquela época. “Não tendo liberdade para abertamente se opor ao governo da época, era comum que os artistas utilizassem de elementos e recursos estéticos que de forma indireta expressassem as suas opiniões”, pontua Aline.

 teatro senac

SERVIÇO

“Os Saltimbancos”

Onde: Teatro Tupec

Quando: 31 de julho (segunda-feira)

Horário: 20 horas

Ingresso: entrada franca

Orientação geral: Aline Cezarone

Direção: Yuri Ribeiro

Assistente de Direção: Thalles Paulo

Elenco: Veto Nicolau, Bia Moraes, Adolfo César, Beatriz Vilas Boas, João Victor Cavassini, Roberto Carlos Furtunato e Thalles Paulo

Sonoplastia: Bia Moraes e Yuri Ribeiro

Iluminação: Yuri Ribeiro

Coreografia: Thalles Paulo e Yuri Ribeiro

Figurino: Simone de Souza Mendes (docente) e alunas do curso de costura

Maquiagem: alunos do curso de maquiagem

 

Post anterior

Jardim dos Lagos: Empreiteira “esquece” material e danifica trechos de calçada

Próximo post

Grupo de teatro busca apoio para encenar “O Fantasma da Ópera”