Home»Cidade»Rodovia Nagib Chaib pode ser interditada no sentido a Mogi Guaçu

Rodovia Nagib Chaib pode ser interditada no sentido a Mogi Guaçu

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

A Defesa Civil de Mogi Mirim, o Corpo de Bombeiros, a GCM (Guarda Civil Municipal) e as autoridades municipais dos setores de Obras e Meio Ambiente estão monitorando a Rodovia Nagib Chaib, a SP – 167. Há possibilidade de interdição total da pista no sentido a Mogi Guaçu. Desde sexta-feira (15) foi interditado o retorno próximo ao antigo curtume. Mas, como a chuva não dá trégua, a erosão aumentou e a calçada está prestes a ceder, oferecendo risco de o mesmo acontecer com uma parte da pista.

rodovia nagib chaib mogi mirim mogi guacu

A coordenadora da Defesa Civil de Mogi Mirim, Elaine Cristina Navarro estava no local no final da tarde desta segunda-feira (18), assim como uma equipe da GCM. “A água está levando toda a terra. Provavelmente parte da calçada vai ceder. Só estamos esperando o momento”, comentou.

Elaine explica que ficará liberada meia pista até o momento que ceder a calçada, sendo tudo monitorado de perto pelas autoridades. “Depois vamos reavaliar se permanece como está, mas no caso de chuva mais volumosa vamos fechar tudo, ficando apenas o trânsito no sentido a Mogi Mirim”, disse. Toda a situação é gerada pelo rompimento da galeria de águas pluviais que não teria suportado o volume de água.

elaine rodovia nagib chaib mogi mirim mogi guacu

O reparo na SP 167 cabe ao DER (Departamento de Estradas de Rodagem) que, conforme adiantou a coordenadora da Defesa Civil, já está acompanhando tudo em conjunto com as autoridades municipais. Vale lembrar que a Rodovia Nagib Chaib está em obra há quase um ano. E, desde esta época, a erosão no retorno era observada. E reparos chegaram a ser realizados.

O DER, através da DR 1 (Divisão Regional) de Campinas, trabalha na implantação de dispositivos de segurança e remodelação da alça de retorno no KM 1+120 metros. O investimento é de pouco mais de R$ 562 mil.

rodovia nagib chaib mogi mirim mogi guacu

 

Post anterior

Grupo realiza protesto em frente ao prédio da UPA

Próximo post

CULTURA, 16 de março de 2019