Home»Cidade»Regularizada falta de profissional em posto de saúde para aplicar vacina

Regularizada falta de profissional em posto de saúde para aplicar vacina

0
Shares
Pinterest WhatsApp

O problema da falta de profissional no posto do Jardim Ypê II para aplicar vacinas foi solucionado. A afirmação é da Secretaria de Comunicação Social em resposta a questionamento feito ontem pela Gazeta a partir de queixas de mães ao vereador Guilherme de Sousa Campos, o Guilherme da Farmácia.

Segundo o vereador, a mães enfrentaram dificuldades em vacinar as crianças em outras unidades na manhã de ontem. Isto porque, nos outros postos de saúde justificaram que o procedimento deve ser feito na unidade em que a criança é cadastrada.

“Isso é lamentável que tenha ocorrido. No mínimo, uma pessoa responsável tem que estar, todos os dias, no posto de saúde. Liguei na UBS e uma funcionária confirmou que não tinha funcionária para aplicar vacina porque a enfermeira está afastada”, detalha o vereador.

Diante desta informação, Guilherme manteve contato também com a secretária de Saúde, Clara Alice Franco de Almeida Carvalho para informa-la do ocorrido e para que evite que isto se repita. “Está afastada? Tem que providenciar outra para cobrir a quem está afastada, o que não pode é ficar sem vacinar”, justificou.

ambulantes ingas guilherme vereador

De acordo com explicação da Secretaria de Comunicação Social, o que aconteceu foi que a enfermeira do Ypê era ferista, passou a responder pela unidade, mas ficou doente e foi afastada com atestado, sem outra que a substituísse.

A orientação era para irem à unidade do Ypê Pinheiro, mas uma das funcionárias da sala de vacina de lá também precisou ir ao médico e não voltou porque também foi afastada por cinco dias com atestado. Com isto, ficou apenas uma funcionária no setor e não tinha como ela fazer tudo. Quando houve transferência de uma profissional do Alto dos Ypês para ajudar no Ypê Pinheiro, o problema já tinha ocorrido.

 

 

 

Previous post

Prefeitura apresenta projeto do novo local para a feira livre

Next post

Juntas, Guaçu e Mogi somam 4.212 casos de dengue