Home»Cidade»Quiosques: três camelôs assinaram contrato de locação

Quiosques: três camelôs assinaram contrato de locação

A pendência de documentação para a assinatura dos contratos se arrasta desde o final do ano passado

3
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Dos nove quiosques (boxes) construídos pela Feag (Federação das Entidades Assistenciais Guaçuanas) na área externa do Parque dos Ingás, três foram locados. E dois locatários já estão com as chaves. Ou seja, podem mudar a qualquer momento. As construções são destinadas aos camelôs que ocupam a área atrás do prédio do antigo Museu Histórico Municipal “Hermínio Bueno”.

O presidente da Feag, José Roberto Panciera, o Tomé, disse que os demais camelôs estão de posse do contrato, mas ainda não foi feita a entrega da documentação à Cia do Imóvel, empresa que administra a locação dos espaços. “Já passamos muito do prazo inicial. Estou esperando que entreguem o quanto antes porque há outras pessoas interessadas”, pontuou. Com a mudança dos locatários para os quiosques, as barracas que eles ocupavam serão retiradas.

A pendência de documentação para a assinatura dos contratos se arrasta desde o final do ano passado. Os quiosques foram construídos pela Feag para colocar fim ao impasse que envolve os camelôs, pois a Prefeitura alega ter projetos para aquele espaço. Aliás, a intenção era de que a área fosse desocupada até o início das atividades do Natal Luz, realizadas no Parque dos Ingás. Os quiosques serão o locados por R$ 500.

Post anterior

Partido Novo quer reforçar presença em Mogi Guaçu

Próximo post

Promoção Social tem oito chamamento público em andamento