Home»Caderno C»Quase Cinquenta Tons de Cinza volta ao Tupec

Quase Cinquenta Tons de Cinza volta ao Tupec

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

A peça teatral é uma adaptação bem humorada do livro, 50 Tons de Cinza, mas tem ganho nova roupagem a cada apresentação. A comédia romântica “Quase Cinquenta Tons de Cinza” satiriza os melhores momentos da obra e os atores aproveitam para contextualizar o cotidiano das cidades onde estão se apresentando para poder aproximar ainda mais o público. A peça está em cartaz no país há três anos e meio e já foi assistida por mais de 300 mil pessoas, sendo um dos 10 espetáculos mais assistidos no Brasil e eleito, em 2017, a comédia mais engraçada do circuito paulista.

A peça segue em turnê por teatros de todo o Brasil e volta a Mogi Guaçu para apresentação única. Será neste sábado (26), às 21h00, no Teatro Tupec do Centro Cultural. O espetáculo tem a direção e atuação do ator Vitor Branco – conhecido por participações em novelas como “Barriga de Aluguel”, “A Próxima Vítima”, “Perigosas Peruas”, “O Clone”, programa “A Praça é Nossa” e do sucesso teatral “Um Espírito Baixou em Mim” – que contracena com os atores Wanderlei Grillo (ex-Malhação) e Bruna Andrade.

quase_cinquenta (3)Segundo o ator e divulgador da peça Wanderlei Grillo, a comédia tem trazido um grande público aos teatros. “Tínhamos a opção de fazer um espetáculo fiel ao texto, porém, isso limitaria muito o público. Então, decidimos fazer uma comédia e deixar o texto mais leve e engraçado. Isso foi um desafio que concluímos com sucesso”, conta.

Wanderlei Grillo é mestre de cerimônias e responsável por receber o público no início das apresentações. “O stand up que faço no início é “amarrado” à comédia, como se um dos personagens da peça fizesse essa abertura de forma narrada. A Anastácia, uma das protagonistas, entra em cena no meio do stand up, o que ajuda a aquecer a plateia”, explica.

Outra característica é que a peça se adapta a cada lugar onde é apresentada, ou seja, é como se, por exemplo, os personagens vivessem em Mogi Guaçu. “Lugares, acontecimentos e pessoas da cidade são mencionados, o que é feito com o objetivo de manter uma proximidade com o público e fazer com que ele se identifique e o riso fique mais solto, mais frouxo”, ressalta Wanderlei.

Ele explica que quem não assistiu o filme e/ou leu o livro também pode assistir à peça, porque, embora ela se inspire nessas obras, tudo é contado de forma que qualquer pessoa vai entender e se divertir. “Vitor Branco transformou um dos maiores ‘best-sellers’ mundiais numa adaptação teatral bem-humorada, com cenas inspiradas na relação de Christian Grey e Anastasia Steele”, informa Grillo.

A peça

“Quase Cinquenta Tons de Cinza” é uma paródia bem-humorada focada, principalmente, no comportamento do personagem Christian Grey. A comédia romântica satiriza os melhores momentos do livro e do filme, num espetáculo leve que brinca com o tema. O ingresso custa R$ 50 inteira, R$ 25 a meia (para estudantes ou com apresentação do bônus).

 

Serviço

Quase Cinquenta Tons de Cinza

Data: Sábado, 26 de janeiro, às 21h

Local: Teatro Tupec do Centro Cultural

Preço: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia)

Classificação: 14 anos

Compra pelo site https://megabilheteria.com/

Post anterior

Tome Nota da edição de sábado, dia 26

Próximo post

Brasília diz não para ocupação de prédio da UPA