Home»Destaque na Home»PT guaçuano vai a Porto Alegre acompanhar julgamento de Lula

PT guaçuano vai a Porto Alegre acompanhar julgamento de Lula

2
Compartilhamentos
Pinterest Google+

O PT (Partido dos Trabalhadores) de Mogi Guaçu está se organizando para a viagem até Porto Alegre/RS, na próxima terça-feira (23), para acompanhar de perto à audiência de julgamento do ex-presidente da República, Luís Inácio Lula das Silva (PT). Ele será julgado pelo TRF4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), em Porto Alegre, no próximo dia 24 (quarta-feira), no processo que envolve corrupção passiva e lavagem de dinheiro na compra do tríplex, no Guarujá, litoral Sul do Estado de São Paulo.

Nesta quinta-feira (11), o presidente do PT guaçuano, Alceu Kemp, o Galo, irá fazer a reunião com o diretório da sigla na cidade como já é de praxe acontecer todas as segundas quinta-feira de cada mês. A primeira pauta de discussão será justamente a viagem dos petistas a Porto Alegre, na próxima semana. “Vamos definir quem irá para lá e quantos de nós poderá ir. Se somarmos Mogi Guaçu e Mogi Mirim teremos um grupo de, no mínimo, 10 pessoas que vão se unir aos demais lá, em Porto Alegre. Devemos retornar no próximo dia 25”, explicou Kemp.

Alceu Kemp Galo PT

Ele acredita que o ex-presidente Lula não será condenado e irá poder confirmar a pré-candidatura a Presidente da República. “Não há provas contra Lula que refiram-se ao apartamento no tríplex. Estão se baseando naquele ditado: ‘ouvir falar que…’. Ele não será condenado. A Justiça será feita”, frisou Kemp.

Lula foi condenado em julho de 2017 pelo juiz Sérgio Moro.

Em sua sentença, Moro impôs ao petista uma pena de nove anos e seis meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo do famoso triplex do Guarujá.

O ex-presidente nega ter recebido propinas da OAS na forma de obras de melhorias do imóvel do litoral paulista. As propinas somam R$ 3,7 milhões.

Inconformada com a sentença de Moro, a defesa de Lula recorreu ao Tribunal Regional Federal da 4.ª Região, em Porto Alegre. A força-tarefa do Ministério Público Federal também recorreu pedindo uma pena ainda maior para Lula.

Deputado

Dependendo da sentença dada pelo TRF-4, na semana que vem, o PT de Mogi Guaçu definirá sua estratégia de campanha para as eleições gerais deste ano. O PT guaçuano pretende lançar candidato a deputado estadual ou federal e já tem, inclusive, os nomes aptos a entrarem na disputa. Porém, o avanço dessa ideia depende também se Lula será ou não condenado pela Justiça. “Uma coisa é o PT ter candidato a deputado com o Lula absolvido. Outra coisa é ter candidato com o Lula condenado. Temos de esperar por questão de prudência. Mas o PT não irá ficar fora da disputa este ano”, alfinetou Alceu Kemp.

Convenção PTAlceu Kemp Galo

 

 

 

Post anterior

Curtas: colisões e furto de veículo e de caminhão

Próximo post

Em Estiva Gerbi, valor do IPTU tem reajuste de 6,58%