Home»Destaque na Home»Preso por tráfico, homem mandou atropelar ex-companheira

Preso por tráfico, homem mandou atropelar ex-companheira

1
Compartilhamentos
Pinterest Google+

 Guardas civis estavam a procura de Diego Henqiue de Oliveira Freitas, 28 anos, após ele ter ordenado que um amigo atropelasse a ex-companheira de 20 anos. Ela foi levada para atendimento médico pela equipe do Samu até o Pronto-Socorro com escoriações no joelho e no peito.

Com endereço da residência do ex-amásio, a equipe ROMU foi para o local, no Jardim Nova Mogi Guaçu. O homem estava no portão da residência quando os guardas Fernandes, Edson e Carlos Borges o abordaram por volta das 19h50 deste domingo (22). Ao ser revistado, em uma das mãos, foi localizado R$ 439. Os guardas tiveram a autorização para revistar o quarto dele e lá encontraram um pino com cocaína. Em um cômodo do lado de fora da casa, mais sete pinos com a droga, um tablete de cocaína pesando 312,90 gramas e uma porção de maconha.

Por já ter antecedente pelo crime de tráfico, foi levado à Central de Polícia Judiciária onde o delegado Dalton David Ferreira manteve a prisão até a audiência com juiz da Vara Criminal pelo crime de tráfico.

Horas antes, Diego Freitas, foi até a residência da ex-companheira para levar o filho de seis anos. No portão, o casal se desentendeu, momento em que ele teria ordenado ao amigo que estava na condução do veículo para atropelá-la. O veículo usado era um Ônix, cor prata, com placas de Belo Horizonte/MG o condutor e o veículo não foram localizados.

Post anterior

Curtas: carro incendiado e briga de casal termina em roubo

Próximo post

Servidores municipais insistem e pedem 5% de aumento