Home»Polícia»Presas do regime semiaberto concluem curso de pintura

Presas do regime semiaberto concluem curso de pintura

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Vinte e quatro reeducandas que cumprem suas penas no regime semiaberto na penitenciária feminina da Mogi Guaçu concluíram, na terça-feira (24), o curso de pintura que teve duração de 14 dias. As aulas foram ministradas na Escola Estadual “Professora Cleide da Fonseca Ferreira”, no bairro do Itaqui, Zona Rural da cidade.

A iniciativa faz parte do Projeto Via Rápida – Pintura nas Escolas. Um evento realizado na escola marcou a formação das reeducandas e contou com a participação de representantes da Diretoria de Ensino de Mogi Mirim, supervisores, direção e funcionários da escola estadual que foi beneficiada com o projeto.

Além da pintura, as reeducandas também organizaram e fizeram uma limpeza nos espaços da escola. Elas executaram todas as tarefas sob a orientação do instrutor do curso.

 presas pintam escola cleide da fonseca ferreira

Via Rápida

A penitenciária de Mogi Guaçu tem o projeto Via Rápida em sua unidade desde 2016. A escola estadual “Professora Cleide da Fonseca Ferreira”, do Itaqui, é a quarta escola da cidade a ser beneficiada pela ação. No ano passado, o projeto contemplou as escolas estaduais “Professora Angela Maria da Paixão Costa”, do Jardim Boa Esperança e “Professora Zenaide Franco de Faria Melo”, do Jardim Santo André.

 Já em janeiro deste ano, o projeto pintou a escola estadual “Professora Almerinda Rodrigues Mello”, do Jardim Boa Esperança.

Post anterior

Editorial: Mais sensibilidade

Próximo post

Praça da Capela: Secretarias se unem para realizar reparos