Home»Destaque na Home»Prefeito tem aval para emprestar R$ 13 milhões

Prefeito tem aval para emprestar R$ 13 milhões

Vereadores aprovaram em sessão extraordinária, na última segunda-feira (12), dois projetos de autoria do Executivo

0
Shares
Pinterest WhatsApp

O prefeito de Mogi Guaçu, Walter Caveanha (PTB), conseguiu autorização da Câmara para emprestar do Banco do Brasil o valor de R$ 13 milhões. Na última segunda-feira (12), em sessão extraordinária, os vereadores aprovaram dois projetos de autoria do chefe do Executivo. Antes da votação, o presidente da Câmara, Rodrigo Falsetti (PTB), comentou que a sessão extraordinária seria convocada por conta do prefeito ter enviado ao Legislativo um ofício contendo as informações sobre as obras previstas nos dois projetos. “O prefeito nos encaminhou no dia de hoje (segunda) os valores de cada melhoria e obra que estão nos projetos listando uma a uma, pois é fundamental saber o quanto seria investido em cada local”.

Foram colocados em votação dos projetos de lei, sendo um que pedia autorização para o município emprestar R$ 5 milhões e o outro no valor de R$ 8 milhões. Vale ressaltar que continua tramitando na Câmara um terceiro projeto do prefeito Walter Caveanha. Esse pede autorização para um empréstimo de R$ 10 milhões pela Caixa Econômica Federal, mas por falta de informações, ele ainda não foi pautado.

Os dois projetos totalizam R$ 13 milhões e foram aprovados por 7 votos favoráveis e três contrários, sendo que o presidente da Câmara não vota. A votação foi nominal e os votos contrários vieram da oposição: Guilherme de Sousa Campos, o Guilherme da Farmácia (PSD), Fábio Aparecido Luduvirge Fileti (PSDB) e Natalino Tony Silva (Rede).

sessao de camaraAntes da sessão extraordinária, o assunto dominou os discursos dos vereadores com oposição e situação se revezando em plenário para defender ou criticar os empréstimos. 

Pelo ofício encaminhado pelo prefeito à Câmara, o valor de R$ 5 milhões será investido em pavimentação, em iluminação, em recapeamento e nas obras antienchentes do Jardim Santa Terezinha. O projeto da nova feira livre no canteiro central do Parque Cidade Nova também está incluso nesse investimento, mas é prevista apenas a pavimentação. (Veja abaixo).

Nesse projeto, os vereadores concordaram que a principal prioridade é justamente as obras de contenção no Jardim Santa Terezinha e, por isso, pediram prioridade ao Executivo. Desde o início, a oposição defendia que as melhorias poderiam ter sido feitas anteriormente e com recursos próprios do município, uma vez que o valor da obra (R$ 800 mil) não é elevado. Além disso, eles ressaltaram que não tiveram acesso ao projeto e não tinham certeza de que o investimento prometido realmente resolveria de vez os problemas de alagamentos no bairro. “As informações sobre as obras deveriam vir anexa aos projetos. Precisou a Câmara pedir. Não veio para essa Casa a cópia do projeto do Santa Terezinha, então, fica a dúvida. Vai resolver?”, questionou o vereador Fabinho.

Coube ao vereador Francisco Inácio Magela, o Chicão do Açougue (PSD), responder ao questionamento do colega. “Acho que chegou a hora de atender a Zona Leste, que infelizmente está abandonada há muitos anos. Respondendo ao vereador, a obra vai passar pelas Ruas Honorino Franco da Rocha, Benedita Franco Maldonado, Jácomo Gonçalves, Mário Jacinto e Rua F. Essas são as ruas que alagam”, explicou.

projeto feira livre parque cidade nova

R$ 8 milhões

Assim como no projeto dos R$ 5 milhões, o que autoriza o empréstimo de R$ 8 milhões também teve uma prioridade defendida pelos vereadores: a pavimentação da Chácaras Alvorada. Apesar de os vereadores da oposição ressaltarem que o valor de quase R$ 2 milhões serão investidos na pavimentação de apenas três vias e não o bairro todo.

 

Obras e melhorias previstas pelo Executivo

 

Pavimentação

Feira livre                               R$ 1.007.736,19

Bairro Tabajara (Igaçaba)      R$ 322.898,38

Martinho Prado Júnior           R$ 252.944,03

 

Valor R$ 1.583.578,60

 

Iluminação

Alíbio Caveanha- Fase 2                 R$ 844.745,53

Sebastião de Paula Lima                 R$ 95.000,00

Nico Lanzi                              R$ 116.869,43

Oscar Chiarelli                        R$ 121.500,00

Av. Trabalhadores                          R$ 185.000,00

Ponte “Trabalhadores”           R$ 150.000,00

Martinho Prado Júnior          R$ 160.000,00

 

Valor R$ 1.673.114,96

 

Recapeamento

Lothário Teixeira                   R$ 700.000,00

Antonio Marquesi                           R$ 243.306,44

 

Valor R$ 943.306,44

 

Santa Terezinha

Galeria/Canal Pluvial             R$ 800.000,00

 

Total 5.000.000,00

 

 

Assunto/obra       Valor

 

Paço Municipal

Readequação elétrica, hidráulica, pintura, telefonia, informática e saguão (térreo)     R$ 1.000.000,00

 

Iluminação

Luiz Gonzaga de Amoedo Campos  R$ 210.000,00

Chácaras Alvorada                          R$ 130.000,00

 

Valor R$ 340.000,00

 

Pavimentação- novo

Chácaras Alvorada                         R$ 1.992.482,42

Av. Basílio Brunherotto                           R$ 246.489,80

Distrito Industrial Caruso               R$ 1.300.735,53

Luiz Gonzaga de Amoedo Campos  R$ 426.349,53

Recapeamento

Luiz Gonzaga de Amoedo Campos  R$ 2.193.942,72

 

Valor R$ 6.160.000,00

 

 

Guarda Civil Municipal

Reforma “Pré Moldado”                           R$ 500.000,00

 

Total 8.000.000,00

 

Previous post

Artigo: Bolsonaro e Ustra

Next post

Vereadores se revezam para defender ou criticar empréstimos