Home»Cidade»Prefeito solicita mais 3 mil moradias para Mogi Guaçu

Prefeito solicita mais 3 mil moradias para Mogi Guaçu

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Outras 3 mil moradias foram solicitadas pelo prefeito Walter Caveanha (PTB), mas ele adianta que gostaria de ver mudanças no Minha Casa, Minha Vida. Isto porque, segundo ele, a renda de até três salários mínimos (R$ 1,6 mil) limita a participação de centenas de famílias. “Muitas pessoas com dificuldade de comprovar esta renda têm se separado para dizer que são sozinhas e que a renda não passa de R$ 1,6 mil”, exemplifica o prefeito.

Para Caveanha, isto caminha ao inverso do que se espera quando as famílias conquistam suas casas, além de não ser algo justo, correto. “Acaba desestruturando a família para ter a casa”, pontua, salientando que o projeto habitacional do Governo Federal deveria ser revisto. Para ele, o ideal é que contemplasse outras rendas e possibilitasse a entrega de moradias para famílias com várias faixas de renda.

De acordo com o Plano Diretor do Município, a região do Jardim Canaã acomoda novas moradias, sendo dada preferência às moradias térreas, sendo os prédios priorizados para a região central. “Nada impede que sejam mistas, mas desde que bem feitas. Há projetos e projetos. Um apartamento com 50 metros² tem uma dimensão razoável”, diz, em referência clara às obras dos residenciais Moacir Guzoni e Renê de Paula.

Para Caveanha, Mogi Guaçu é uma cidade privilegiada por não ter favela. O prefeito disse que adoraria não precisar pleitear casas populares, pois o ideal seria que todos pudessem construir a casa própria. “Só que isso não é uma realidade do Brasil. E a alternativa para ajudar o povo é esta”, argumenta.

Post anterior

Espetáculo trata da violência contra a mulher

Próximo post

Desfile é realizado e movimento pede reabertura da UPA