Home»Destaque na Home»Posto é acusado de vender combustível adulterado

Posto é acusado de vender combustível adulterado

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

A acusação de clientes de que o Auto Posto Brasil Gás Mogi de Mogi Mirim vende combustível adulterado levou a Polícia Militar a comparecer no comércio na noite desta quarta-feira (2).

Quatro clientes relataram aos policiais que seus veículos apresentaram problemas e até pararam de funcionar após serem abastecidos nas bombas 12 e 14 do posto.

O posto, que fica localizado na Avenida Juscelino Kubitscheck de Oliveira, no Jardim Murayama III, às margens da SP-340, sentido a Mogi Guaçu, chegou a ficar com as atividades interrompidas durante a noite enquanto a perícia fazia a coleta de combustíveis que foram enviados para análise química.

A pericia ainda tirou fotos dos veículos que apresentaram problemas mecânicos. A Polícia Militar registrou um Boletim de Ocorrência de averiguação de combustível adulterado. Agora, o caso segue para investigação e o posto já foi liberado para voltar as suas atividades.

posto gasolina adulterada mogi mirim

Nas redes sociais, os clientes que se sentiram lesados fizeram alertas e compraram combustível de outro posto para comparar com a gasolina oferecida no  Auto Posto Brasil Gás Mogi. Os clientes ainda narraram que havia água misturada no combustível e que cerca de sete carros chegaram a parar na SP-340 após o abastecimento.

Post anterior

Detran-SP disponibiliza licenciamento antecipado de 2019

Próximo post

Ex-presidente da Câmara Municipal se prepara para deixar o PTC