Home»Destaque na Home»Polícia Ambiental localiza aves silvestres em cativeiro

Polícia Ambiental localiza aves silvestres em cativeiro

0
Shares
Pinterest WhatsApp

A Polícia Militar Ambiental fez mais uma apreensão de pássaros em Mogi Guaçu. Desta vez, o acusado recebeu uma multa de R$ 6.000 por manter em cativeiro aves silvestres. A ocorrência, atendida pelos cabos Everaldo e Jacomussi, foi registrada na última sexta-feira (19), no Jardim São Pedro.

Após denúncia, a equipe da PM foi até o endereço e no local constataram a existência de três aves da fauna silvestre nativa mantidas em cativeiro e com anilhas. Foram localizados na residência uma arara Canindé, um Tucanuçu e um papagaio verdadeiro.

O acusado em manter as aves em cativeiro apresentou aos policiais notas fiscais de compra das aves de um criador comercial. Porém, foi constatado fraude das notas após pesquisas feitas junto ao IBAMA e outro órgãos ambientais.

O proprietário da residência foi encaminhado à Central de Polícia Judiciária (CPJ), onde foi apresentada a ocorrência. No local, foi elaborado o auto de infração ambiental no valor de R$ 6.000 por violação ao artigo 25 da Resolução SMA 48/14, bem como o infrator responderá na esfera penal nos termos do artigo 29 da Lei Federal 9605/98.

Os policiais ressaltaram que a arara Canindé está ameaçada de extinção, conforme decreto estadual nº 63.853/18. As aves seriam encaminhadas para avaliação da perícia técnica e depois reintroduzidos na natureza.

aves

aves

Previous post

GAZETA GUAÇUANA, 20 de julho de 2019

Next post

Policiais militares localizam drogas e prendem acusados