Home»Cidade»Poda drástica rende R$ 1,7 mil em multa

Poda drástica rende R$ 1,7 mil em multa

0
Shares
Pinterest WhatsApp

O proprietário de imóvel localizado ao lado da ponte de ferro, sentido centro-bairro, será multado pela Saama (Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente) em R$ 1,7 mil. Isto por realizar a poda drástica de cinco árvores, todas localizadas em APP (Área de Preservação Permanente). A multa será de 100 vezes o valor da Ufim (Unidade Fiscal do Município), com valor unitário de R$ 3,52, o equivalente a R$ 352 por árvore.

poda arvore centro

A engenheira agrônoma Vera Cristina Ramalho Padovani, funcionária da Saama, foi clara ao afirmar que nem o proprietário e nem o inquilino do imóvel tinham autorização para o procedimento de poda. “É importante que as pessoas saibam que não podem sair podando árvore como bem entendem. E foi poda drástica, só restaram os troncos principais. E ali é uma APP”, disse, observando que no local nem deveria haver vagas de estacionamento.

poda arvore centro

Vera conta que, quando chegou ao local, as cinco árvores já haviam sido podadas. Relatos do ocorrido chegaram à Saama por meio de reclamações de populares. A poda drástica foi realizada inclusive com o uso de caminhão munck e gerou uma grande quantidade de resíduos. “Não estamos numa cidade sem lei. Como mexem assim em uma área verde?”, questiona.

 

Previous post

GAZETA GUAÇUANA, 29 de junho de 2019

Next post

Prefeitura abre licitação para contratar serviços bancários