Home»Destaque na Home»PM encontra armamento pesado em casa de vigilante

PM encontra armamento pesado em casa de vigilante

Revólveres e pistolas seriam alugados para prática de roubos na cidade

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Na noite da última quinta-feira (3), a Polícia Militar localizou e apreendeu diversas armas de fogo e munições na residência do vigilante Geber Eduardo Costa, 37, no Jardim Novo II. De acordo com a PM, um homem conhecido como “Marquinhos” e “Senhor das Armas” já estava sendo monitorado há tempos. Isso porque, informações dão conta de que ele aluga seu armamento para a prática de roubos, sendo que o mesmo também é acusado de assaltar residências e motocicletas na cidade.

Na noite de quinta-feira, os policiais militares Robson, André e Alan conseguiram levantar em qual endereço as armas estavam sendo guardadas e chegaram na casa de Costa que apontou “Marquinhos” como sendo o proprietário do armamento. Ele ainda alegou que há dois dias escondeu as armas porque foi ameaçado por “Marquinhos”. A Polícia Militar encontrou no quarto do vigilante uma pistolett francesa, dois revólveres calibre 32, uma pistola 765, um revólver calibre 38 e 95 munições de calibres ponto 40, 38, 380, ponto 45, ponto 44 e 7.65. Na residência ainda foram apreendidos quatro algemas, duas espingardas de pressão um rádio HT, dois carregadores de pistola e uma munição calibre 12.

Os policiais ainda foram até a casa de “Marquinhos”, que fica no mesmo bairro. No entanto, na residência dele nada de irregular foi localizado. O acusado negou que seria o dono do armamento.

Os dois foram encaminhados à Central de Polícia Judiciária (CPJ), onde o delegado de plantão Erivan Cruz autuou Costa em flagrante por guardar armas de fogo de uso permitido, sendo que duas delas tinham a numeração raspada. Já o acusado de ser o dono do armamento foi indiciado por posse ilegal de armas em momento anterior, ou seja, há dois anos, conforme relatou. Com isso, ele foi liberado em seguida e o vigilante encaminhado à Unidade de Detenção, Triagem e Encaminhamento (UDTE) de Itapira, de onde será transferido para o CDP (Centro de Detenção Provisória) de Americana.

Previous post

“Mentes e Iras” será lançado na sala de vídeo do CC

Next post

Jovens capotam carro na SP-342 e uma das vítimas está na UTI