Home»Destaque na Home»PM apreende adolescentes que roubavam na saída da ExpoGuaçu

PM apreende adolescentes que roubavam na saída da ExpoGuaçu

3
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Dois adolescentes foram apreendidos na madrugada desta segunda-feira (9) após serem reconhecidos por vítimas de roubo que deixavam a ExpoGuaçu. Uma das vítimas, que chegou a levar um tiro no peito, já teve alta do hospital.

O tenente Luciano Lupino Marques, da Força Tática, explicou que com o parceiro Silva patrulhava a região central, próximo ao recinto da festa, quando foram avisados pelo rádio da viatura que havia ocorrido um disparo de arma de fogo próximo alguns metros antes da entrada principal da festa.

Ao chegarem ao local, os policiais encontraram a vítima do roubo, que é de Monte Sião/MG, e algumas testemunhas que deram as características dos ladrões. Os ladrões levaram a carteira da vítima.

Em seguida, os policiais encontraram os suspeitos, dois adolescentes de 13 e 14 anos. Porém, com eles não havia arma. No bolso da calça de um deles, o documento da vítima.

Enquanto os policiais os conduziam à delegacia para reconhecimento, souberam pelo rádio da viatura que outra vítima de roubo dava entrada na Santa Casa com ferimento de disparo de arma de fogo no peito.

Por lá, as testemunhas reconheceram os adolescentes. A vítima, morador de Mogi Guaçu, de 22 anos, só lembra que um deles, com arma, se aproximou de uma amiga e depois alegou não se recordar mais do que aconteceu.

A amiga, de 16 anos, conta que saiam em um grupo de amigos da festa, por volta das 04h, quando foram abordadas pelos adolescentes e que um deles atirou contra a vítima e que o comparsa chutou a vítima no rosto quando estava estava caída no chão.

Os policiais souberam que a vítima tinha se envolvido em uma briga com os adolescentes.

Na delegacia, o delegado de plantão manteve a apreensão dos adolescentes até serem apresentados ao juiz da Vara da Infância e Juventude.

Segurança

O  diretor da Sâmor Produções, Celso João de Souza, organizador da ExpoGuaçu, soube do ocorrido fora do recinto da festa e disse que a apreensão dos menores foi possível porque havia reforço da segurança com o apoio externo da Polícia Militar e que junto com as autoridades vai manter o mesmo esquema de segurança para os próximos dias.

Quanto a uma briga que houve na arena, no final de semana, Celso disse que pequenos tumultos ocorrem quando as pessoas abusam do consumo de bebidas, mas que nesse episódio os envolvidos logo foram separados e que vai manter o esquema de vigilância no interior da festa com seguranças particulares e ronda de guardas civis.

Post anterior

Desfile marca aniversário da cidade

Próximo post

Reeducandas participam do programa ‘Mulheres de Peito’