Home»Cidade»Pastoral de aposentados limpa Parque Linear

Pastoral de aposentados limpa Parque Linear

Ação é realizada em um trecho aonde, às segundas-feiras, a Pastoral dos Aposentados reza o terço

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Quem reside na Zona Sul e costuma caminhar pelo Parque Linear do Córrego dos Macacos, no trecho entre a Emef “Antonio Carnevalle Filho” e a lagoa, já deve ter observado um grupo de senhores limpando o local. Trata-se de integrantes da Pastoral dos Aposentados da Paróquia de Santa Teresa D´Ávila, no Jardim Brasília. Iniciada há dois meses, a ideia da ação começou depois de o grupo começar a percorrer este trecho para a oração do terço. A finalidade é ter uma área mais limpa para que possam usufruir.

O grupo de aposentados usa camisetas da pastoral, luvas, botina e espeto coletor de lixo. E desempenham a tarefa sempre às quintas-feiras pela manhã. Em dois meses de ação observaram que a quantidade de lixo está diminuindo, o que esperam ser reflexo da consciência dos demais que também usufruem da área, mas não zelam. Mas, por outro lado, seguem encontrando animais mortos que são jogados no local, restos de poda e de jardinagem.

A Pastoral do Idoso é coordenada por Flávio Emanoel Vitizin, 27, que atenta que a oração do terço é feita as segundas-feiras, às 7h30 da manhã, ao entorno do trecho da lagoa. E foi a partir desta, literalmente, caminhada de oração, que foi despertado este desejo de andar por um lugar mais agradável, menos sujo. “A oração levou à ação”, acentua.

moradores limpam corrego macacosNa primeira semana foram coletados 30 sacos de sujeira, depois 18 e, agora, em média 10. “A parte principal é a conscientização de cada um porque todo mundo reclama da Prefeitura, mas a Prefeitura não vem aqui jogar lixo. Quem joga é a população. Se cada um fizer sua parte, colocar um simples papel de bala no bolso, as coisas começam a mudar”, constata, observando que os fumantes também poderiam jogar no lixo as bitucas e embalagens de maços de cigarro.

O coordenador espera que a Prefeitura também faça a parte dela e dê manutenção na calçada, pois a trechos com tampas de bueiros soltas ou quebradas. “Como são idosos que estão caminhando a gente fica mais atento a estas questões”, pontua Flávio. Isto sem falar no mato em toda a área. Vale pontuar que a ação retira os resíduos de pequeno porte como copos, papel e sacos plásticos. Em toda a extensão há outros resíduos de entulho e poda que aguardam a ação da Prefeitura.

 

SATISFAÇÃO

O aposentado Roberto Campos de Oliveira, 75, é um dos membros da Pastoral do Idoso e colaborador da limpeza do Parque Linear do Córrego dos Macacos, juntamente com outros quatro idosos. “Todo mundo deveria limpar a frente de casa e não só a calçada, mas lugares como este aqui também. Se todos fizessem isso, aqui não teria sujeira”, analisa.

Oliveira diz que foi convidado por Flávio a aceitou com prazer porque acha bonito ver tudo limpo e organizado. Mas voltou a reforçar a falta de conscientização das pessoas, porém, atentando que as coisas estão mudado. “O povo está começando a colaborar”, diz.

moradores limpam corrego macacos

Previous post

Maioria dos brinquedos da praça do Jd. Novo está quebrada

Next post

Corug mantém liderança por equipes na Copa Superação