Home»Caderno Multi»Páscoa: o feriado mais doce do ano está chegando

Páscoa: o feriado mais doce do ano está chegando

0
Shares
Pinterest WhatsApp

A época mais doce do ano está batendo a porta mais uma vez. A páscoa é uma festividade religiosa e um feriado que celebra a ressurreição de Jesus, ou seja, é a mais antiga e importante festa cristã celebrada em todo o mundo. Com o passar dos anos, a data foi ganhando novos costumes como a troca de ovos de páscoa, que eram originalmente um símbolo do renascimento. A princípio as pessoas coloriam ovos de galinha para celebrar a ressurreição e hoje em dia, para nossa alegria, os ovos são de chocolate e ganharam vaga fixa na vida dos cristãos e dos não cristãos também.

Afinal de contas, quem é que não gosta de um delicioso chocolate, não é mesmo? Agora, que de maneira resumida ficamos um pouco por dentro de seu significado histórico, vamos falar como a páscoa mudou a vida da jovem Bruna Madruga, de 28 anos. Já adiantando que graças a essa mudança você vai acompanhar deliciosas opções para a sua páscoa, com novidades incríveis, tudo para você fazer bonito no feriado mais doce do ano, inclusive, no almoço com uma opção de cardápio vegetariano.

NEGÓCIO SÉRIO

Sucesso de ovos caseiros fez jovem largar carreira

Bruna
Bruna

No início deste ano, Bruna largou a carreira de pedagoga para se dedicar 100% às confecções de seus doces e ovos de chocolate. A jovem começou a trabalhar com doces em geral em 2016, sendo que na época da Páscoa o protagonista é sempre o chocolate. “Um dia minha tia disse para a gente fazer uma caixinha de docinhos para presentear uma amiga e foi aí que tudo começou”. Para contribuir, Bruna sempre teve uma ligação forte com a culinária, já que o pai é dono de restaurante. “As pessoas me falavam que uma hora ou outra eu ia ter que abrir mão da pedagogia, mas eu não acreditava nisso até que as coisas foram dando certo e este ano me dedico pela primeira vez inteiramente ao mundo doce”.

Diferente dos dois primeiros anos em que vendeu ovos de chocolate, a jovem optou por ,desta vez ,ter um cardápio com mais foco, ou seja, com produtos específicos. “No início eu não tinha uma linha de trabalho, meu cardápio era mega elaborado e isso deixava o cliente indeciso no queria e eu apreensiva com tudo o que precisava fazer”.

Atualmente, Bruna trabalha com os famosos ovos de colher, uma opção deliciosa e com uma estética atraente que caiu no gosto do mercado de chocolates caseiros. Seu cardápio é composto por quatro sabores principais. “Eu sempre acrescento o ingrediente conforme o pedido do cliente” enfatizou Bruna.

 

Sucesso

Otimismo é a palavra de ordem para a Páscoa deste ano. Isso porque, as vendas dos ovos caseiros tem ido de vento e poupa. Talvez porque os preços não fogem tanto dos ovos tradicionais vendidos no comércio, sem contar que oferecem ao cliente a possibilidade de escolher cada ingrediente de seu gosto. Bruna confidenciou que até o momento calcula que vai vender mais de 300 ovos. “Tem que aproveitar essa data para ganhar dinheiro e também para aumentar a clientela”. A jovem explicou que a cada ano ganha novos clientes. “A melhor parte é ouvir os elogios que vêm depois”. Além disso, ao longo do ano as pessoas que experimentaram os ovos procuram Bruna para fazer novas encomendas. “Tem gente que depois compra outros doces e até ovos de Páscoa fora de época”.

multi ovos pascoa bruna madrugaAlém disso, a higiene é garantida em todo o processo feito nos ovos de chocolate. Desde que o dom virou negócio sério, Bruna adaptou toda a cozinha de sua casa. “Meu ambiente de trabalho é climatizado e os produtos são armazenados corretamente e manipulados em local limpo”.

Não preparar os ovos com tanta antecedência e oferecer produtos frescos aos clientes é outro processo feito por Bruna. “Se eu entregar um ovo amanhã cedo, eu recheio ele na noite anterior para que tudo fique bem fresquinho”.

 

NOVIDADES

Marmitinha doce surpreende

Oferecer aos clientes apenas o óbvio não é o suficiente para quem busca sucesso no setor. Por isso, Bruna garantiu que desde que começou seu trabalho passou a pesquisar as novidades do mercado em busca de agradar e surpreender seus clientes.

Um produto específico escolhido e feito pela jovem pela primeira vez no ano passado caiu na graça da clientela. A marmitinha doce que imita com perfeição uma refeição é sucesso de vendas. Uma opção autêntica e divertida que custa R$ 15. Dá para acreditar que o ovo frito, o arroz, o feijão, a couve e a farofa são feitos de chocolate ao leite e brigadeiro? “Muitos clientes me pedem, tenho entrega da marmitinha doce até em Itapira e Amparo”.

multi ovos pascoa bruna madruga

Para as pessoas que buscam algo mais tradicional, mas em conta, a opção é o ovo de 100 gramas com o valor de apenas R$ 10. “Cabe no bolso e é muito gostoso”. E para as crianças, que amam essa data, tem os Kits Infantis com temas para meninos e meninas. O presente custa R$ 40 e é uma opção diferente composta por uma casca de ovo de chocolate, uma bisnaga com recheio e três opções de confeitos, e as crianças têm a possibilidade de finalizar seus próprios ovos de chocolate. “É outro sucesso que muitos pedem”.

OPÇÃO

A sobremesa está garantida, e o almoço?

O chocolate é a estrela principal da Páscoa certo? Mas antes de se esbaldar na guloseima, muitas famílias costumam se reunir para compartilhar um bom almoço, sendo que um dos pratos mais tradicionais da data é o bacalhau.  Mas se assim como nos ovos de chocolate você busca inovação, confira o que é possível fazer de diferente nos pratos salgados.

Arroz integral, batata refogada e shiimeji na manteiga com shoyu e cebolinhaPensando no aumento do público vegetariano que o Brasil teve nos últimos anos, o docente da área de gastronomia do Senac Mogi Guaçu, Vinicius Sanches, apresentou um cardápio que pode agradar muitas pessoas.  Para a entrada, a sugestão do chef é uma salada de folhas com castanhas, frutas e queijos ou maionese à base de vegetais. “E possível fazer também uma maionese e queijos veganos a partir de leguminosas, como é o caso do queijo de castanha”, completou. ]

Sanches ainda apresentou três opções para o prato principal: uma inusitada “jacalhoada” de jaca verde, que ao invés de peixe tem como ingrediente principal a jaca, cuja textura se assemelha ao frango ou peixe desfiados, acompanhada de arroz de castanhas ou farofa de ora-pro-nobis (planta rica em proteína). “Uma opção saborosa e que fica muito mais barata”, enfatizou. E para arriscar mais tem outras receitas como moussaka, uma espécie de lasanha de berinjela, risoto de cogumelos, ou ainda shimeji refogado na manteiga acompanhado de arroz integral e batatas assadas. “A Páscoa é uma ótima oportunidade de oferecer algo novo, arrisque”.

Previous post

Obra do canal do Canaã volta a ser abandonada

Next post

Leishmaniose visceral: Grupo realizará coleta de sangue de animais