Home»Cidade»Obras devem estar prontas até o final do ano

Obras devem estar prontas até o final do ano

Escola de Martinho Prado é construída pelo Estado; no Ypê Amarelo são empregados recursos do Governo Federal

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Até o final deste ano Mogi Guaçu deve contar com duas escolas e uma creche-escola. Ao menos este é o prazo para a conclusão das obras em andamento no Distrito de Martinho Prado Júnior e no Residencial Ypê Amarelo. A unidade de Martinho Prado recebe investimentos do Governo Estadual, enquanto nas outras duas são empregados recursos do Governo Federal.  

As obras no Ypê Amarelo foram iniciadas em agosto do ano passado. Já é possível observar que está sendo feita a instalação dos telhados nos prédios da escola. Na creche-escola, localizada ao lado, as obras também estão avançadas e o prédio começa a ganhar forma. Ambas as construções são feitas pela Infratécnica Engenharia e Construções Ltda. O investimento é de R$ 9,6 milhões. Neste valor está incluída uma creche que atenderá ao Pantanal I e II, cuja obra ainda não foi iniciada.

A empreiteira foi contratada pela Caixa Econômica Federal, sendo os recursos provenientes do Governo Federal. A escola em construção será destinada ao ensino fundamental I (1º ao 5º anos) e, portanto, a exemplo da creche-escola, será administrada pela Secretaria Municipal de Educação. Cabe ao município ainda a tarefa de equipar as unidades, porém com recursos próprios.

 escola martinho prado

ESTADO

Já no distrito de Martinho Prado Júnior, a construção da escola é de responsabilidade do Governo do Estado, sendo orçada em R$ 4.211.375,84. Através da assessoria de imprensa, a Diretoria Regional de Ensino de Mogi Mirim informou que o cronograma está dentro do prazo previsto, que é o final deste ano.

A nova escola possibilitará desafogar a Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) “Professor Geraldo Sorg”, que compartilha o ensino fundamental, que é ofertado pelo município, com o ensino médio gerenciado pelo Estado.

Post anterior

Pavimentação da rua é orçada em R$ 197 mil

Próximo post

Festival de Teatro chega a 10ª edição