Home»Cidade»Nome limpo: Acimg e Boa Vista SCPC fazem campanha

Nome limpo: Acimg e Boa Vista SCPC fazem campanha

A campanha “Acertando suas Contas “atendeu mais de 970 mil famílias e gerou cerca de 392 mil renegociações

0
Shares
Pinterest WhatsApp

A Associação Comercial e Industrial de Mogi Guaçu em parceria com a Boa Vista SCPC promovem a partir de segunda-feira (11) até 23 de dezembro a campanha “Acertando suas Contas”. A ação de renegociação de dívidas faz parte da maior iniciativa de promoção da sustentabilidade do crédito do país. Em números gerais, ao longo de oito anos, a campanha “Acertando suas Contas” já atendeu mais de 970 mil famílias, gerou cerca de 392 mil renegociações de dívidas e contou com a participação de mais de mil empresas.

A campanha “Acertando suas Contas” acontece em dois formatos. O de mutirão: quando as empresas credoras se reúnem em um mesmo local e período, sob a coordenação da entidade parceira, para prestar o atendimento ao público. E o itinerante: no qual a entidade recebe o consumidor no seu balcão de atendimento e após prestar todas as orientações, encaminha-o para a renegociação diretamente no estabelecimento do credor, munido de um cupom que deverá ser apresentado para obter condições especiais para quitar as dívidas.

Aqui, em Mogi Guaçu, a Acimg opta pelo formato itinerante, ou seja, onde o consumidor comparece na própria entidade para atendimento. O superintendente da Acimg, Adenilson Junior dos Reis, lembra que se trata da quarta edição da campanha em âmbito municipal e é notado percentual de crescimento ano a ano. Em 2019, ele atenta que levantamento aponta que a base soma 34 mil devedores e 54 mil dívidas, havendo um total de crédito a recuperar no valor de R$ 22 milhões. O maior volume é de dívidas com valor de até de R$ 500. “Maior índice de inadimplência é observado entre os consumidores com até 40 anos, sendo que outro dado que tem se repetido é a maioria das dívidas entre o público feminino”, pontua.

Adenilson acredita que este ano será de uma boa campanha de recuperação de crédito, pois há informações de que o 13º salário vai injetar 214 bilhões na economia e 74% dos brasileiros não irão utilizar em outras compras, mas pagar dívidas. “Em outubro, o comércio e indústria tiveram leve crescimento puxado pela ligeira melhora do índice de desemprego e tudo corrobora para que esta campanha torne este consumidor ativo no comércio e ele volte a consumir”, justifica.

 

PESQUISA

Em ambos os formatos, o consumidor será contemplado com a consulta gratuita de CPF, realizada no banco de dados do SCPC. Consulta que também pode ser feita de graça no portal www.consumidorpositivo.com.br. Por meio dela há a identificação dos valores e demais dados do credor. Para realizá-la é fundamental ter em mãos o RG e CPF. Quanto às políticas de crédito e cobrança, cabe a cada uma das empresas participantes do “Acertando suas Contas” definir quais percentuais aplicará e como fará a cobrança nas suas renegociações.

 

AGENDA

O atendimento na Acimg é realizado das 8h30 às 18 horas, de segunda a sexta-feira, à Rua XV de Novembro, 60 – Centro.

O consumidor deve comparecer à campanha munido de identidade e CPF. A consulta é individual, por isso não pode ser feita em nome de terceiros.

 

Estatísticas de Inadimplência em Mogi Guaçu

 

2019                                                                                      2018

Número total de devedores: 34. 290                              43.894

Valor dívidas: R$ 22.383.960,13                                    R$ 24.835.544,78

Valor médio dívidas: R$ 411,35                                      R$ 181,38

Valor médio por devedor: R$ 652,78                            R$ 565,81

Quantidade média de dívidas por devedor: 1.587      3,119

 

Faixa Etária que mais deve: entre 31 e 40 anos

São 9.932 devedores ou 28,96% do total

São 29,20% ou 15.887 dívidas no valor de R$ 5.939.482,70;

Mulheres inadimplentes: 2.785 (28,04%)

Homens inadimplentes:1.853 (18,66%)

Não declararam sexo: 5.294 (53,30%)

 

Dívida por faixa de valor

Há 26.156 (48,07%) de dívidas de até R$ 500

Representa R$ 6.446.054,20 (28,80%) do total de dívidas

 

Forma de pagamento

Pagamento à vista: isenção total de taxa administrativa, juros e multas;

Pagamento parcelado em 2 vezes: 50% de desconto nos juros, multas e taxa administrativa;

Pagamento parcelado em 3 vezes: 30% de desconto nos juros, multas e taxa administrativa;

Pagamento parcelado em 4 vezes ou acima: sem desconto para juros, multas e taxa administrativa.

 

Previous post

Centro Cultural: licitação para reforma será neste mês

Next post

Judoca guaçuana conquista sétimo lugar em Santa Catarina