Home»Destaque na Home»No feriado: três pessoas morrem em acidentes fatais

No feriado: três pessoas morrem em acidentes fatais

0
Shares
Pinterest WhatsApp

O feriado prolongado da Proclamação da República foi violento na Rodovia Governador Doutor Adhemar Pereira de Barros, em Mogi Guaçu.

Isso porque, de quinta-feira (14) até este domingo (17), três pessoas morreram vítimas de acidente fatais que aconteceram em trechos diferentes da SP-340 e da SP-342.

Na noite de quinta-feira, Wagner Batista Campos, de 39 anos, sofreu um acidente de carro no Km 174+500 da SP-342.

Campos dirigia um GM/Corsa branco com placas de Santo Antônio de Posse e próximo à entrada do Residencial Moacir Guzoni ele invadiu a pista contrária, sentido a Campinas, e foi atingido por um caminhão Ford/Cargo, de cor prata.

Campos ficou preso nas ferragens, foi socorrido até a Santa Casa, mas logo entrou em óbito.

O motorista do caminhão, que nada sofreu, apresentou os documentos em dia e foi liberado.

Testemunhas relataram a Polícia Militar Rodoviária que viram um casal abandonar o carro após o acidente, deixando Campos sozinho no veículo.

A vítima era moradora do Jardim Novo II e foi enterrada no Cemitério Santo Antônio.

Já na noite de sábado (16), João Rodrigues Santos, de 43 anos, morreu no Km 190 da SP-340, no Chácaras Alvorada.

A vítima, que morava no bairro onde o acidente aconteceu, estava de moto, uma Yamaha Lander XTZ 250, de cor azul, e possivelmente perdeu o controle e bateu na traseira de outro veículo que fugiu do local.

Já no domingo de manhã (17), o policial militar Guilherme Gustavson Glockshuber, de 28 anos, também morreu vítima de um acidente fatal ocorrido no quilômetro 186 da SP-340, sentido a Aguaí.

A moto do PM estava caída no canteiro central e ele sofreu uma queda de um viaduto que fica nas proximidades. Glockshuber chegou a ser socorrido e a ficar internado com fratura na Santa Casa, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na mesma noite.

O soldado trabalhava no 8º batalhão de Campinas e morava em São João da Boa Vista. O acidente aconteceu quando ele voltava para casa.

Todos os casos foram registrados na Central de Polícia Judiciária (CPJ).

 

Previous post

GAZETA GUAÇUANA, 16 de novembro de 2019

Next post

Lagoa do São José pode ter sido alvo de despejo clandestino de esgoto