Home»Destaque na Home»No comando do PSDB, Fabinho aguarda por reunião com prefeito

No comando do PSDB, Fabinho aguarda por reunião com prefeito

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

O vereador e presidente do PSDB de Mogi Guaçu, Fábio Luduvirge Fileti, o Fabinho, está iniciando a reestruturação do partido na cidade. Embora o PSDB local seja uma sigla forte na cidade e com um grupo de filiados afinados com os objetivos do partido, a troca de presidência trouxe incertezas sobre quem fica e quem sai do PSDB de Mogi Guaçu. Isso porque, a ex-presidente da sigla na cidade, Maria Otília Pappa, disse que muitos dos filiados vão deixar o partido tucano para acompanhá-la na filiação em outra sigla. Para Fabinho, esse processa é natural e merece todo respeito dele. “Não é surpresa. Eu sempre soube que isso poderia acontecer e eu respeito muito a decisão de cada um. A escolha é deles. Quem se desfiliar do PSDB para seguir a Otília terá toda minha compreensão. Quem optar por ficar nessa nova fase do PSDB de Mogi Guaçu será muito benvido também”, frisou.

À frente da presidência do PSDB local, Fabinho está tentando uma reunião com o prefeito Walter Caveanha (PTB). “Já pedi para a secretária dele agendar essa reunião. Agora, estou aguardando a resposta dela”, comentou o vereador.

Walter Caveanha tem o PSDB como base em seu governo
Prefeito Walter Caveanha tem o PSDB como base em seu governo

Já faz algum tempo que Fabinho vem tendo uma postura de oposição na Câmara Municipal. No entanto, o PSDB faz parte da base aliada ao Governo Municipal e está no comando de duas autarquias: o Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto) com Elias Fernandes de Carvalho, e o Hospital Municipal “Dr. Tabajara Ramos” com José Carlos De Carli Júnior. Justamente por essa ambiguidade é que Fabinho quer conversar com o prefeito. “Precisamos conversar como dois adultos. O PSDB está no governo. Não sei se o prefeito vai querer que isso continue. E eu também não sou oposição ferrenha à Administração Municipal, mas não vou ser omisso diante daquilo que eu não concordo. Essa é minha postura”, ressaltou Fabinho.

Outra manobra que ele já está traçando é buscar por novas filiações ao PSDB de Mogi Guaçu. Isso porque, Fabinho está ciente de que precisa formar um grupo forte de filiados para que o PSDB tenha condições de disputar as eleições municipais em 2020. “Já fiz algumas filiações. Estou muito satisfeito por isto e tão logo passe outubro, quando as eleições deste ano já estarão encerradas, o PSDB local irá focar nas eleições de 2020. Teremos, sim, um grupo forte para disputar nas urnas”, salientou.

Antes disso, porém, Fabinho já está focado na eleição para a Presidência da Câmara Municipal de Mogi Guaçu, em dezembro deste ano. Ele já declarou que será candidato ao cargo e não medirá esforços para tentar vencer, mesmo sabendo que terá concorrência forte. “Não vou abrir mão. Assumir o PSDB de Mogi Guaçu, montar um grupo político forte e coeso, disputar a Presidência da Câmara são estratégias que defendo agora visando às eleições de 2020, quando as expectativas do PSDB local serão maiores”, concluiu Fabinho.

Post anterior

Recape segue na Carlos Braga de Faria

Próximo post

Mogi Guaçu perde no Dia do Desafio