Home»Cidade»Nico Lanzi: obras começam na próxima segunda

Nico Lanzi: obras começam na próxima segunda

Serviços começam na próxima segunda-feira (25), mas início havia sido marcado para a última quinta-feira (21)

0
Shares
Pinterest WhatsApp

A Prefeitura chegou a distribuir comunicado anunciando para a última quinta-feira (21) o início da obra na Avenida Nico Lanzi. Até mesmo uma entrevista coletiva com a imprensa foi marcada para esta finalidade. Mas um impasse entre a Concessionária Renovias e a SOV (Secretaria de Obras e Viação) protelou o início para segunda-feira (25). Isto porque, a empresa entende que cabe à Prefeitura providenciar a sinalização da SP-340 (Rodovia Mogi Guaçu/ Campinas) indicando a interdição do acesso pela Nico Lanzi. E o entendimento da Prefeitura é exatamente o contrário.  

A entrevista coletiva aconteceu, mas o foco, claro, foi outro. A mudança se deu porque o posicionamento da Renovias havia chegado – via e-mail – poucos minutos antes da coletiva à SOV. Como a empresa imputou ao secretário de Obras e Viação, Salvador Franceli, a responsabilidade sobre acidentes que venham a ocorrer na Rodovia, o caso foi enviado para a Secretaria de Negócios Jurídicos da Prefeitura e a alterada a data de início da obra. “Preciso deste respaldo do Jurídico porque não acho justo colocarem sobre mim esta responsabilidade”, justificou.

Salvador
Salvador

Apesar do imbróglio, o secretário garante que a obra começa na próxima segunda-feira (25), porque foi dada a ordem de serviço para a Construtora Simoso. Ele reforça que havia tratado deste assunto junto à Renovias e explicado que a Prefeitura não dispunha de recursos para arcar com os custos da sinalização da SP-340. “De qualquer maneira, eu não concordaria em sinalizar porque a SP-340 é circunscrição da Renovias”, atenta. O comunicado sobre a obra e todo o trâmite já foi entregue aos moradores e proprietários de estabelecimentos comerciais, de empresas e de serviços. Afinal, a Nico Lanzi ficará interditada durante a obra pelo período de 90 dias, no mínimo.

 

OUTRO LADO

Por meio da assessoria de imprensa, a Renovias informou que em reunião realizada no último dia 7, entre Renovias e a SOV, ficou acordado que considerando a obra ser executada pelo município caberia a este a confecção e implantação dos elementos necessários à segurança viária, inclusive quanto ao fechamento do acesso no dispositivo do km 168.

“Com o intuito de contribuir e agilizar este processo, a concessionária se comprometeu a elaborar o projeto e diagramação das placas, bem como providenciar a aprovação junto à Artesp, o que foi encaminhado à Secretaria Municipal na data acordada”, traz a nota. No entanto, após tomar conhecimento de que as obras seriam iniciadas na quinta-feira, a concessionária reforçou, por meio de correspondência, todas as tratativas anteriormente assumidas entre as duas partes e suas respectivas responsabilidades.

Previous post

Artigo: Negligência e pura ganância

Next post

Acesso à Nico Lanzi fica restrito aos moradores e trabalhadores