Home»Destaque na Home»Natalino questiona obra do Estado

Natalino questiona obra do Estado

Vereador pediu que Ministério Público averigue investimento de R$ 28 milhões para obras na SP-342

2
Compartilhamentos
Pinterest Google+

O vereador Natalino Antonio da Silva, o Tony Silva, (Rede) acionou o Ministério Público para que o órgão investigue a necessidade de investimento de recursos públicos na SP-342. A placa instalada num trecho da rodovia prevê um investimento de R$ 28.772.850 para obra de recapeamento na SP-342 Km 171+500 ao Km 200+450 e 2ª intervenção Mogi Guaçu/Espírito Santo do Pinhal, sendo o período da obra de 14 de abril de 2017 a 13 de abril de 2018.

Na última quinta-feira (13), o vereador protocolou no Ministério Público um pedido para que a referida obra do Governo do Estado seja averiguada. Para Tony Silva, a obra é desnecessária. “Acionei o Ministério Público para saber como está o andamento dessa obra, pois estive no local e não observei movimentação de máquinas nem de homens trabalhando. Além disso, aquela rodovia está um ‘tapete’, em perfeitas condições. É um valor alto de investimento em algo que está bom”, comentou.

Antes de protocolar o pedido no Ministério Público, o vereador da Rede esteve no local e conversou com moradores daquela região. Para ele, o mais importante e mais urgente seria a construção de uma passarela. “Quero saber qual é a real necessidade dessa obra e porque os recursos não são usados para a construção de uma passarela para atender os moradores do Pantanal I e II. Está perigoso lá”, explicou Natalino.

rodovia natalino vereadorA assessoria de imprensa da Renovias, concessionária responsável pela malha viária, informou que não existem problemas com o andamento da obra citada pelo vereador. “Informamos que a 2ª intervenção descrita na placa de obra instalada na SP-342 trata-se de um segundo conjunto de obras de recuperação do pavimento da rodovia, previsto no contrato de concessão da Renovias com o Governo do Estado de São Paulo. O trabalho de fresagem do pavimento já foi realizado em diversos pontos da rodovia, no trecho entre Mogi Guaçu e Espírito Santo do Pinhal e atualmente está sendo realizado no segmento da SP-342 entre Espírito Santo do Pinhal e São João da Boa Vista”, trouxe trecho da nota enviada à Gazeta.

De acordo com a concessionária, ainda neste ano será realizado o recapeamento em pontos específicos da SP-342 e o trabalho é feito em caráter preventivo. “São executadas antes do final da vida útil do pavimento para garantir que os usuários das rodovias possam trafegar em pavimento com condições técnicas adequadas, o que garante a segurança dos motoristas”.

A nota destaca ainda que a concessionária cumpre um cronograma de execução de obras estabelecido pela Agência dos Transportes do Estado de São Paulo (Artesp), que prevê os prazos de início de término de cada intervenção nas rodovias.

rodovia natalino vereador

SP-342

Renovias descarta implantação de passarela

Apesar da solicitação do vereador Natalino Antonio da Silva, a construção de uma passarela na SP-342 não está nos planos da Renovias. De acordo com a assessoria de imprensa da concessionária, não há previsão de construção de novas passarelas no contrato de concessão.

A concessionária informou que em três quilômetros da SP-342, trecho de Mogi Guaçu, há sete pontos de travessias (passarelas, passagens inferiores e superiores) com total segurança para os pedestres. “Isto é, a cada 400 metros há um ponto de travessia. As três passarelas existentes nesse trecho foram implantadas pela Renovias”.

A assessoria esclareceu que, em 2014, a concessionária investiu mais de R$ 1 milhão na implantação de barreiras altas de concreto do km 172+500 ao km 175+500. Também foi implantado telamento do km 175+500 ao km 177+300. Complementando os dispositivos de segurança nesse trecho, foi implantada no km 176+300 uma passagem de pedestres em nível, sinalizada, com defensas metálicas e iluminação a led alimentada por energia solar. “Para indicar a travessia segura nesse ponto, foram implantadas placas no bairro Pantanal, orientando aos pedestres”.

A principal recomendação da Renovias é que os pedestres e ciclistas devem necessariamente utilizar as ruas dos bairros para acessar esses pontos de travessia evitando transitar pelo acostamento e nunca pular as barreiras de concreto e telamento existentes no canteiro central. “Além das melhorias para garantir a segurança dos pedestres, a Renovias já desenvolveu diversas ações de conscientização no trecho de Mogi Guaçu da SP-342, incluindo café da manhã nas passarelas e distribuição de folhetos com orientações em parceria com a Polícia Militar Rodoviária”, concluiu a nota.  

rodovia natalino vereador

Veja relação dos pontos:

172+500 – passarela

172+950 – passagem superior

173+530 – passagem superior

174+400 – passagem superior

174+450 – passarela

174+950 – passagem superior

175+300 – passarela

 

 

Post anterior

O argumento da força se sobrepõe à força do argumento

Próximo post

Curtas: encontro de cadáver, golpe e furto