Home»Cidade»Na feira: GCM multará veículos estacionados sobre as calçadas

Na feira: GCM multará veículos estacionados sobre as calçadas

Após várias reuniões para tentar prorrogar essa medida a aplicação de multas começará a ser feita neste domingo

0
Shares
Pinterest WhatsApp

A partir deste domingo (23), a Guarda Civil Municipal cumprirá com a determinação feita pelo Ministério Público e irá multar os veículos que estiverem em cima das calçadas nas ruas onde funciona a feira livre do Parque Cidade Nova. As multas também serão aplicadas aos feirantes que insistirem em montar suas barracas antes das 4 horas da madrugada deste domingo. A informação foi confirmada pelo comando da Guarda Civil Municipal e pelo secretário interino da SSM (Secretaria de Serviços Municipais), Osvaldo César Ozório. A medida já foi comunicada oficialmente aos feirantes que trabalham no Parque Cidade Nova.

O presidente da Associação dos Feirantes de Mogi Guaçu, Alceu Kemp, o Galo, afirmou que a Associação não foi comunicada oficialmente até o fim da tarde desta sexta-feira (21). A Gazeta também tentou conversar sobre o assunto com outro grupo de feirantes que está à frente deste imbróglio, mas a representante deste grupo não atendeu às ligações feitas pela reportagem.

No entanto, é válido ressaltar que a determinação do Ministério Público para que as multas sejam aplicadas aos veículos que descumprirem a lei e estacionarem em cima das calçadas é resultado de uma ação movida por aproximadamente 40 moradores que residem no Parque Cidade Nova e se queixam do barulho feito pelos feirantes na hora da montagem das barracas, durante a madrugada de domingo, e também dos estragos causados nas calçadas pelos veículos que são estacionados sobre elas. A ação já é de conhecimento dos feirantes.

O Ministério Público baseou-se no decreto municipal, de 1983, que disciplina o funcionamento das feiras livres em Mogi Guaçu. De acordo com o decreto, os veículos devem ficar estacionados a aproximadamente 100 metros de distância da feira livre e as barracas somente podem começar a ser montadas a partir das 4 horas da madrugada de domingo.
De acordo com as queixas dos moradores, os feirantes que trabalham n Parque Cidade Nova dão início a montagem das barracas por volta das 2 horas da madrugada violando a lei do sossego e também estacionam seus veículos em cima das calçadas.

O assunto já foi alvo de várias reuniões entre grupos de feirantes e vereadores sempre no sentido de obter mais prazo junto ao Ministério Público para que os feirantes pudessem encontrar outra solução. O que não aconteceu.

Feirantes estiveram na Câmara, nesta semana
Feirantes estiveram na Câmara, nesta semana

Vereadores

Na próxima segunda-feira (24), os vereadores vão se reunir com o prefeito Walter Caveanha (PTB), no 4º andar da Prefeitura, para conversar sobre o futuro da feira livre do Parque Cidade Nova. A reunião será por volta das 10h00. A Gazeta apurou junto aos vereadores que, na ocasião, o prefeito irá mostrar o projeto que há para a feira livre, incluindo o novo local onde ela funcionará e o prazo necessário para que isso aconteça.

Previous post

Alunos do Guaçu e de Mogi se destacam no Salãozinho de Humor

Next post

Corug irá participar da Corrida Integração e Copa Superação