Home»Cidade»Na Capela: vandalismo inviabiliza uso de banheiros

Na Capela: vandalismo inviabiliza uso de banheiros

Local passou por reforma em 2015; serviço foi orçado em R$ 13 mil contemplando sanitários feminino e masculino

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Há meses quem passa e olha mais atentamente para a Praça Antonio Giovani Lanzi, a Capela, vê uma placa com os dizeres: o banheiro está quebrado. Os sanitários masculino e feminino ficam sob a subsede da Acimg (Associação Comercial e Industrial de Mogi Guaçu). Os sanitários foram reformados, mas a melhoria não durou muito. Com o local sendo alvo de vandalismo e furto não restou alternativa senão fechar.

Em 2015, logo no início do ano, a reforma dos sanitários foi concluída. O serviço orçado em R$ 13 mil foi realizado pela Celp (Construtora e Engenharia Leste Paulista), contemplando a troca dos vasos sanitários, das torneiras e dos flexíveis das pias. Isto, depois que em 2014 ambulantes que trabalhavam em uma festa na Praça da Capela se queixaram da falta de sanitários.

banheiro praca capelaDe acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura, os seguidos atos de vandalismo e furto resultaram no fechamento dos banheiros. A medida foi tomada pela SSM (Secretaria de Serviços Municipais). Foram furtadas até mesmo peças de alumínio, o que faz com que a equipe da Pasta acredite que seja destinada à venda para a compra de entorpecentes.

O responsável pela SSM, Luiz Martini Neto, prevê a possibilidade de parceria com a Acimg para viabilizar a reforma. O assunto será tratado a partir de 2018. A subsede da instituição ocupa espaço cedido pela Prefeitura à Praça da Capela.

Post anterior

E você? Já adotou sua cartinha neste Natal?

Próximo post

Contação de Histórias no Parafernália, neste sábado