Home»Política»Mogi Guaçu, Mogi Mirim e Estiva aderem o “Internet para Todos”

Mogi Guaçu, Mogi Mirim e Estiva aderem o “Internet para Todos”

1
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Mogi Guaçu, Mogi Mirim e Estiva Gerbi aderiram ao programa do Governo Federal “Internet para Todos”. A assinatura do termo de adesão foi feita pelos prefeitos Walter Caveanha (PTB), Carlos Nelson Bueno (PSDB) e Cláudia Botelho (MDB) nesta segunda-feira (12), em Brasília.

O “Internet para Todos” pretende levar acesso à banda larga para locais remotos sem conectividade ou com acesso precário à internet, além de beneficiar projetos vinculados à gestão pública e a agricultura. Atualmente, Mogi Guaçu conta com nove localidades sem conectividade indicadas pelo programa federal: Ouro Preto, Itaqui, Champion, Cercadinho, Chácara Palmeiras do Rancho Novo, Limoeiro, Mombaça, Paraíso do Pescador e Recanto Pantanal.

internet para todos prefeito walter

A previsão é que os primeiros municípios beneficiados recebam a partir de maio, deste ano, as antenas que permitirão a conexão. O Ministério espera que sejam instaladas 200 antenas por dia. A conexão será viabilizada pelo Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégias (SGDC), em órbita desde maio do ano passado e recebeu, desde então, R$ 3 bilhões em investimentos.

Além dos municípios, a parceria também está estendida ao Ministério da Educação, para levar banda larga para todas as escolas públicas do país e com o Ministério da Saúde, para implantar internet em hospitais e postos de saúde, melhorando a gestão pública e a qualidade dos serviços prestados à população.

Compareceram à cerimônia 2.471 prefeitos e prefeitas. O evento também contou com a participação do presidente Michel Temer (MDB), ministros e governadores.

(Com informações das assessorias de imprensa das Prefeituras de Mogi Guaçu e de Mogi Mirim)

 

 

 

Post anterior

Câmara oficializa pedido ao prefeito para destinar dinheiro à Santa Casa

Próximo post

Curtas: briga em escola, furto de peixe, homem foge e mulher vai presa