Home»Destaque na Home»Merenda: Pais protocolam denúncia no MP

Merenda: Pais protocolam denúncia no MP

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Na última terça-feira (12), um grupo de pais esteve no Ministério Público e protocolou denúncia com relação à falta de produtos na merenda escolar, em especial das carnes de vaca e de porco. Um relatório foi entregue ao promotor de Justiça com o objetivo de solicitar que o Ministério Público dê início a uma investigação que apure os responsáveis pela falta de produtos na merenda.

“Pediram para a gente voltar daqui 10 dias para saber se a nossa denúncia vai virar ação civil pública”, explicou a conselheira da Educação, Rosana Aparecida Franco.

No relatório consta o nome das escolas e os produtos que estão faltando. “Também temos mais de 200 assinaturas de pais que pedem essa investigação. A merenda escolar ainda não voltou ao normal. São muitos os problemas encontrados nas escolas, desde a falta de produtos a utensílios velhos que estão sendo usados no preparo dos alimentos”, contou.

sessao de camara celia maria mamede secretaria educacaoOs pais continuam acompanhando o cardápio das escolas dos filhos. Eles informaram que a chegada do frango e do peixe não normalizou a situação da merenda escolar. Nesta semana, o cardápio de algumas escolas contou com mais legumes do que qualquer outra proteína. “Olha, meu filho teve essa semana uma vez salsicha. O restante foi legumes e arroz”, contou um pai. A conselheira disse que fotos com os pratos servidos nas escolas também constam do relatório levado ao MP, inclusive com as espinhas do peixe que foi deixado nas escolas. “Era um peixe com tanto espinha que dava medo de ver”.

Rosana e outros pais estiveram na sessão da Câmara na última segunda-feira. Eles levaram cartazes exigindo que o responsável pela falta de produtos na merenda seja punido. O grupo acompanhou atentamente as perguntas e respostas durante a sabatina que durou mais de três horas.

Além dos pais de alunos, a galeria da Câmara também estava lotada de funcionários comissionados da Secretaria de Educação e pelos secretários municipais. O vice-prefeito Daniel Rossi (PR) também esteve presente.

Previous post

Leiteiro: venda de porta em porta resiste ao tempo

Next post

Secretária diz que escolas têm cardápio alternativo