Home»Cidade»Mais uma vez, linha férrea é alvo de atos de vandalismo

Mais uma vez, linha férrea é alvo de atos de vandalismo

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Pela segunda vez consecutiva o trecho da linha férrea, na região do Residencial Moacir Guzoni, foi alvo de vandalismo. O problema voltou a ser registrado na noite de quinta-feira (22), após a mesma situação ter sido observada na quarta-feira (21). Um grupo colocou dormentes sobre os trilhos e ateou fogo. E a informação que chegou à Gazeta é de que o vandalismo não irá parar até que a passagem seja reaberta.

Tudo isso depois de o fechamento da passagem de veículos e pedestres que existia sobre a linha férrea e ligava o conjunto de apartamentos e o Jardim Imperial à região do Alto dos Ypês onde têm acesso aos serviços públicos (posto de saúde e escola), além de comércio em geral.

O problema é que tal passagem apresentava riscos de acidentes, o que levou a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) a exigir o fechamento por parte da VLI – controladora da Ferrovia Centro Atlântica. O fechamento aconteceu na tarde de quarta-feira (21).

passagem linha trem fechado moacir guzoni

Ainda nesta quinta-feira (22), o secretário de Obras e Viação, Salvador Franceli adiantou que uma passagem adequada e, portanto, legalizada, será construída em parceria com a empresa. A VLI fornecerá materiais e a SOV entrará com mão de obra.

passagem linha trem fechado moacir guzoni

A estimativa é de que dentro de, no máximo, 30 dias, o serviço seja entregue. Como o grupo também ateou fogo na linha férrea, mais uma vez, o Corpo de Bombeiros teve de ser acionado. A GCM (Guarda Civil Municipal) também voltou ao local.

 

Post anterior

Ex-jogador Amoroso participa de projeto nas Mogis

Próximo post

PM encontra 23 mil pinos para embalo de cocaína